Trânsito

Após 7 horas de bloqueio, trecho da BR-376 volta a ser liberado entre Paraná e Santa Catarina

Interdição no km 669, onde deslizamento matou duas pessoas no ano passado, foi feita na madrugada desta quinta-feira (2) por conta do volume de chuvas na região; rodovia foi liberada às 9h20.

02/02/2023

Por

Após cerca de 7 horas, voltou a ser liberado às 9h20 desta quinta-feira (2) o quilômetro 669 da BR-376 em Guaratuba, no litoral do Paraná. Na madrugada, o ponto onde um deslizamento matou duas pessoas no ano passado foi interditado por segurança por conta do volume de chuvas na região.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), havia riscos de novos deslizamentos.

Agora, de acordo com a corporação, o trecho apresenta condições estruturais seguras para a liberação do tráfego. Duas faixas sentido Curitiba e uma sentido Santa Catarina foram liberadas.

A decisão foi tomada em conjunto entre a Arteris Litoral Sul, concessionária do trecho. Por nota, a empresa disse que o objetivo é garantir a máxima segurança dos usuários que precisam trafegar pelo local.

O tráfego será coordenado pela PRF com viaturas e carros de apoio da Arteris.

Ainda de acordo com a PRF, devido ao alto índice de chuvas na região, um novo fechamento da rodovia não é descartado.

Após bloqueio por segurança, trecho da BR-376 onde houve deslizamento volta a ser liberado entre Paraná e Santa Catarina — Foto: Reprodução/PRF

Após bloqueio por segurança, trecho da BR-376 onde houve deslizamento volta a ser liberado entre Paraná e Santa Catarina — Foto: Reprodução/PRF

Monitoramento

O deslizamento ocorreu em 28 de novembro, com 12 sobreviventes. A rodovia chegou a ficar completamente bloqueada por quase 10 dias, quando teve duas faixas liberadas no dia 7 de dezembro.

Com a retomada do trafego, a empresa reforçou que também voltam a ser realizados no local os trabalhos de recuperação e contenção de taludes do trecho do deslizamento. Ressaltou, ainda, que mantém o monitorando de encostas localizadas na área de concessão da rodovia.

BR-376, onde houve deslizamento no Paraná, ficou bloqueada quase 24 horas por segurança — Foto: Divulgação/Arteris Litoral Sul

BR-376, onde houve deslizamento no Paraná, ficou bloqueada quase 24 horas por segurança — Foto: Divulgação/Arteris Litoral Sul

Histórico de fechamentos

O trecho da rodovia foi bloqueado pela primeira vez em 28 de novembro do ano passado, quando uma barreira deslizou e atingiu 16 veículos.

Foram 10 dias de interdição até a liberação de duas faixas da BR-376.

No fim do ano passado, em 20 de dezembro, o km 669 voltou a ser totalmente fechado para tráfego por conta das chuvas. À época, o acumulado de água passou dos 50 milímetros em 24 horas.

No dia 19 de janeiro a BR-376 voltou a ser interditado entre Paraná e Santa Catarina após nova queda de barreira. Ninguém ficou ferido.

Relembre abaixo como foi o deslizamento de terra na BR-376:

  • Em 28 de novembro, dois deslizamentos atingiram a BR-376 em dois pontos próximos, na região do km 669;
  • O primeiro deslizamento foi às 15h30, sem vítimas;
  • Depois do primeiro deslizamento, a rodovia chegou a ser bloqueada no sentido sul, mas depois o trânsito retomado em pista única;
  • Às 19h15 aconteceu o segundo deslizamento. Carros foram atingidos, e os dois sentidos da rodovia foram interditados

Notícias relacionadas

x