Corupá

Banana mais doce do Brasil será mostrada em programa na TV Globo

As gravações foram feitas esta semana para o “Encontro com Fátima Bernardes”

10/04/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Banana mais doce do Brasil será mostrada em programa na TV Globo

A banana da região de Corupá está participando de série no programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da TV Globo. Esta semana, foi feita as gravações tendo como tema central a banana mais doce do Brasil. O Sebrae Nacional financia a série mostrando as indicações geográficas e a banana, com todos os produtos que podem ser feitos, inclusive artesanato com a fibra de bananeira entrou na pauta.

Leia mais

O Sebrae Origem lançou a série #empreenderéfazerhistória, com a finalidade de mostrar as riquezas brasileiras protegidas e valorizadas por meio das Indicações Geográficas. Em função da pandemia, a entrevista aconteceu via plataforma digital e contou com a colaboração de profissionais da região apaixonados pela história da fruta.

A gravação ocorreu no Tureck Garten Hotel, com imagens de Paulo Miglioli Filmes, transmissão da LC Comunicação, de Luís Miglioli, e o cenário da produtora de cena Isabella Hoffmann. A entrevista foi conduzida pelo repórter e contador de histórias André Curvello, juntamente com a equipe do programa, com a supervisão de Andressa e Dani Souza.

O Sebrae Nacional aposta na Indicação Geográfica/Denominação de Origem da Banana da Região de Corupá. A matéria vai ao ar no feriado de 21 de abril, no programa “Encontro com Fátima Bernardes”. As Indicações Geográficas são ferramentas coletivas de valorização de produtos tradicionais vinculados a determinados territórios, com a função de agregar valor ao produto e proteger a região produtora.

E também promover os produtos e sua herança histórico-cultural, que é intransferível. A Denominação de Origem tem as características do território que agrega um diferencial ao produto, no caso, a banana mais doce do Brasil.

A região de Corupá, da IG/DO abrange além de Corupá, também Jaraguá do Sul, São Bento do Sul e Schroeder, com 857,3 km2. A conquista da Denominação de Origem deu-se em agosto de 2018.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x