Esportes

Basquete: Franca vence Bonn e conquista Copa Intercontinental com cesta de Lucas Dias a 1 segundo do fim

Clube paulista coroa temporada histórica com game winner de seu capitão e fatura título mundial pela primeira vez

26/09/2023

Por

Sou Felipe Junior, jornalista formado, na Universidade Regional de Blumenau (Furb), pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Multimídias, na Anhembi Morumbi, em São Paulo.

Fonte: GE

Maior vencedor do basquete brasileiro, com 13 títulos nacionais, o Franca agora também está no topo entre os continentes. O time do interior de São Paulo venceu o Telekom Baskets Bonn, da Alemanha, na manhã deste domingo (24), com um arremesso de seu capitão, Lucas Dias, com um segundo para o término da partida.

Com o game winner do ala-pivô, a equipe acrescentou o título mundial que faltava à sua galeria. A emocionante vitória por 70 a 69 garantiu o título da Copa Intercontinental da Fiba, disputada em Singapura, na Ásia. Lucas Dias foi eleito o MVP da final e fez 14 pontos para o Franca, mas o pivô Márcio foi o cestinha, com 15, e teve papel importante, especialmente no último quarto.

Lucas Dias, ala-pivô do Franca, acerta game winner para time brasileiro. | Foto: Marcos Limonti/Sesi Franca

O americano David Jackson, de 41 anos, e um dos líderes do elenco, marcou 12 pontos, deu oito assistências e recebeu o prêmio de melhor atleta do torneio. O maior pontuador do jogo, porém, foi o armador americano Glynn Watson, do time alemão, com 16 marcados. Foi a quarta conquista brasileira na competição. Antes do Franca, o Sírio levou a taça em 1979 e o Flamengo venceu em 2014 e 2022.

Em sua trajetória internacional, o Franca conta agora com 13 troféus. Além do Intercontinental, o clube tem a Champions, também conquistada em 2023, seis títulos sul-americanos (1974, 1975, 1977, 1980, 1990 e 1991), quatro pan-americanos (1993, 1994, 1997 e 1999), além de uma taça da Liga Sul-Americana, em 2018.

Campanha impecável

Após vencer a Champions das Américas de forma invicta, com dez vitórias, o time francano chegou modificado a Singapura para brigar pelo Intercontinental. A equipe perdeu Lucas Mariano e o americano Mike Smith, mas ganhou Wesley e Alexey, ambos do Minas. No Intercontinental, venceu o Al Ahly, do Egito, por 90 a 70, e depois fez 98 a 89 no G League Ignite, dos EUA. Na decisão, venceu o Bonn de forma emocionante.

Vôlei: Jaraguá do Sul feminino garante o 4º lugar no Brasileiro Interclubes sub-19

Futsal: Final da 18ª Copa Dipil, em Massaranduba, é marcada por homenagens e premiações

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp

Notícias relacionadas

x