Esportes

“Brasil não me deu essa oportunidade”, diz Zico sobre conduzir tocha olímpica no Japão

Ex-jogador, que atualmente é diretor técnico do Kashima Antlers, lamentou não ter participado dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016
 

05/07/2021

Por

Zico é idolatrado no Japão. A prova disso foi que ele foi um dos escolhidos para carregar a tocha olímpica pelas ruas de Kashima no último domingo (4). O ex-jogador do Flamengo, atuou no Kashima Antlers de 1991 a 1994 e atualmente é diretor técnico do clube.

Leia mais

Pelas redes sociais, o Galinho de Quintino afirmou que foi um dia inesquecível e lamentou que não foi convidado para participar do revezamento da tocha nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

“Depois no meu país [Brasil] e na minha cidade [Rio de Janeiro] terem me negado essa oportunidade de carregar a tocha olímpica, hoje realizei meu sonho de participar de uma Olimpíada. Agradeço o Kashima Antlers, a cidade de Kashima e ao Japão por terem me dado essa oportunidade. Fiquei emocionado e posso dizer que tranquilamente considero encerrado meu ciclo esportivo” , afirmou o ex-atleta que comandou a seleção japonesa entre 2002 e 2006.

Outros ídolos do futebol  japonês participaram do evento como Honda, Nakata Koji, Takayuki Suzuki e Narahashi. “Fica aqui meu agradecimento a todos que me enviaram mensagens de carinho e ao povo japonês pelo respeito e gratidão a minha dedicação ao desenvolvimento do futebol japonês”, comentou.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x