Gastronomia

Catarinenses estão gastando menos durante a pandemia

No Brasil, o hábito de cozinhar em casa aumentou 28% segundo um levantamento feito via Google Forms

06/06/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Catarinenses estão gastando menos durante a pandemia

Uma pesquisa da Fecomércio-SC, realizada em sete cidades do estado durante o mês de abril, apurou que 38,4% dos catarinenses estão gastando menos durante a pandemia. Um dos motivos é o fato de cozinhar mais em casa e assim economizar com refeição fora, apontada por 6,4% dos entrevistados. No Brasil, o hábito de cozinhar em casa aumentou 28% segundo um levantamento feito via Google Forms, entre junho e setembro de 2020, que avaliou mais de 1.100 respostas.

Leia mais

Ainda de acordo com a Fecomércio, 27,6% dos entrevistados, com média de idade de 37 anos, dizem fazer compras on-line eventuais, enquanto 21,8% afirmam ser consumidores frequentes. Por outro lado, a pesquisa do aponta que o e-commerce nacional cresceu 146% durante o trimestre apresentado.

Enrico Milani é CEO da Vapza Alimentos – empresa que produz alimentos embalados a vácuo e cozidos a vapor – e conta que foram sentidas diferenças nos setores físico e digital.

“Já no início da pandemia, quando ninguém estava saindo de casa, percebemos que o comportamento do consumidor iria mudar e precisaríamos nos adaptar à situação com agilidade”, registra.

“Com a mudança das refeições diárias dos restaurantes para dentro de casa, também notamos os diferenciais de consumo no varejo. Atualmente, os produtos que mais vendemos são as carnes, grãos e tubérculos, e isso pode vir do fato de as pessoas estarem preparando os pratos tradicionais brasileiros, que contém arroz, feijão, carne e legume ou vegetal”, salienta Milani.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

 

Notícias relacionadas

x