Corupá

Celesc faz investimentos no sistema elétrico em regiões de Corupá

Investimentos de aproximadamente R$ 2,5 milhões estão sendo feitos no setor elétrico em Corupá

20/08/2021

Por

Celesc faz investimentos no sistema elétrico em regiões de Corupá

Investimentos de aproximadamente R$ 2,5 milhões estão sendo feitos no setor elétrico em Corupá, em duas obras de implantação e troca de rede. Na terça-feira (17), o gerente regional da Celesc, Danilson Wolff, em contato com o prefeito Luiz Carlos Tamanini, informou que até o final de setembro estará concluída a troca de cabeamento na região do Bomplant, com a implantação da rede trifásica, melhorando a qualidade da energia elétrica, principalmente, para os produtores rurais.

Leia mais:

Ele informou que estão sendo implantados aproximadamente 11 quilômetros de cabos, num investimento que ultrapassará 1,1 milhão. “A rede que existe atualmente, é monofásica, com apenas um cabo que leva a energia elétrica a todos os moradores da região. Com a obra, a qualidade e a confiabilidade do sistema serão consideravelmente melhoradas, uma vez que também haverá a implantação de um religador automático”.

Disse também que além de se tornar trifásica e ter uma maior oferta de carga, boa parte da rede será composta por um cabo protegido, que não desligará no caso de contatos eventuais com a vegetação, diminuindo os problemas que ocorrem naquela região, principalmente no verão, nas tempestades, com a queda de energia.

 

Vila Izabel e Rio Novo terão novo alimentador

 

A Celesc também está construindo um novo alimentador, que beneficiará os moradores da Vila Izabel e Rio Novo. De acordo com Danilson Wolff, atualmente o atendimento a estes e outros consumidores ocorre via rede da Rua Roberto Seidel, enquanto que a nova rede passará pela BR 280 e seguirá pela Rua Francisco Mees, bairro XV de Novembro. São aproximadamente seis quilômetros de cabeamento protegido, resultando numa melhor distribuição da energia.

“A grande vantagem desta obra é que permitirá que a região da Vila Izabel tenha dois caminhos de energia, então, qualquer falha que possa ocorrer em um, você consegue transferir a carga para a outro alimentador, reduzindo consideravelmente o tempo de resposta no caso de falta de energia. O investimento passa de R$ 1,2 milhão e acreditamos que até o final do ano, esteja concluída”, destacou Danilson. Ainda para este ano, a Celesc programou a substituição de uma série de equipamentos na rede e na própria subestação, em Corupá, fato que melhorará a qualidade da energia aos consumidores.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x