Colunas

Coluna: Política & Políticos – Um governo paralelo

Celso Machado comenta os principais acontecimentos da política catarinense

26/09/2023

Por

Editora, analista SEO e responsável pelo conteúdo que escreve. Atenta aos conteúdos mais pesquisados do país.

“A intromissão do Supremo Tribunal Federal em pautas do Poder Legislativo é grave e está violando a vontade popular, que elegeu, em outubro, o Congresso mais direitista da história do Brasil. O STF tem tentado calar a voz que saiu das urnas. O Brasil elegeu um Congresso de direita, agora impedido de atuar por um Supremo que flerta com a ilegalidade e o autoritarismo enquanto se diz defensor da democracia”. O discurso é do deputado Antidio Lunelli (MDB/Jaraguá do Sul), sobre o governo paralelo do STF. Com o governo e o Congresso (por conveniência) ajoelhados.

 

O STF legislando

“O STF quer decidir sobre a legalização de drogas. Quer decidir sobre aborto. Agora, quer puxar para si a responsabilidade sobre o marco temporal (demarcação de terras indígenas) e a volta do imposto sindical (compulsório). O povo brasileiro elegeu seus representantes para o Legislativo. Não cabe ao STF legislar”, emendou o deputado Lunelli. Dito isso, não seria preciso dizer mais nada. Mas, só para saber: dos 11 ministros do STF, sete são indicações de Lula (PT) e Dilma Rousseff, (PT); um de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), um (Alexandre de Mores) de Michel Temer e dois de Jair Bolsonaro.

 

CURTAS

*Deyvison Souza (MDB), ex-prefeito de Pescaria Bravia (região de Criciúma), preso em 8 de dezembro de 2022, na primeira fase da Operação Mensageiro (fraude em licitações para coleta de lixo em troca de propinas, foi solto pela Justiça no início da semana.

* Souza renunciou ao mandato em 11 de julho e virou réu em processo movido pelo Ministério Público. Entre as sanções que lhe foram impostas até ser julgado, uma chama a atenção pelo inusitado: o uso de drogas ilícitas. Ora, ilícito já é sinônimo de proibido.

*Do Vale do Itapocu, Armindo Sesar Tassi (MDB/Massaranduba), Luiz Tamanini (MDB/Corupá) e Luiz Antônio Chiodini (PP/Guaramirim continuam presos. Felipe Voigt (MDB/Schroeder) cumpre prisão domiciliar. Dos quatro, somente Tassi (até ontem) não havia renunciado ao mandato.

*A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou requerimento do senador Esperidião Amin (PP) para audiência pública que debaterá projeto (de Amin) que restabelecendo a informação sobre o município e o estado de registro nas placas veiculares.

*Com a adoção do modelo do Mercosul, pela Resolução nº 729 do Conselho Nacional de Trânsito de março de 2018 (governo Michel Temer) e obrigatório desde 2020, a inscrição sobre estado e município não constam mais das placas dos veículos.

*Sendo assim, as polícias rodoviárias, agentes de tráfego e órgãos de fiscalização dependem dessa informação para fazer um trabalho de forma eficiente e precisa, defende o senador. Resumindo, mudaram para pior, o que não é novidade em território tupiniquim.

 

Jorginho nas “arábias”

Danieli Porporatti (secretária-Geral de Governo), Cleverson Siewert (Fazenda; Juliano Froehner (Articulação Internacional), Moisés Diersmann, Administração) E Beto Martins, secretário de Estado de Portos, Aeroportos e Ferrovias são nomes do primeiro escalão convidados pelo govenador Jorginho Mello (PL) para a viagem à Arábia Saudita, entre 21 e 29 de outubro. Além Nathan Neumann (assessor de imprensa do governador), o tenente-coronel Gabriel Tussolino (segurança de Jorginho pela Casa Militar).

 

Soratto não vai

Em  possível processo de “fritura” o chefe da Casa Civil e deputado estadual licenciado, Estêner Soratto da Silva Júnior (PL/Tubarão), não está na lista. Fala-se que por falta de articulação mais presente com deputados governistas na votação de projetos importantes do governo. É voz corrente, há algum tempo, que o cargo será ocupado por Filipe Mello, advogado, filho do governador e desde sempre um conselheiro do pai. Que já se certificou não haver impedimentos legais para nomear o filho.

 

VIA BRASIL

*A jornalista e ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco (PT), flamenguista e indicada para o cargo mais por ser irmã da ex-vereadora Marielli Franco (PSOL/RJ) assassinada em 2018, usou um avião da FAB para assistir à final da Copa do Brasil, entre São Paulo e Flamengo, no Morumbi, no domingo (24).

*Para justificar, disse que foi ao estádio assinar uma ação do governo que visa combater o racismo no esporte. No mesmo avião foram os ministros Silvio Almeida, de Direitos Humanos e da Cidadania, e André Fufuca, do Esporte. Curioso é que nem antes, durante ou depois do jogo o evento citado por ela foi destacado pela imprensa. Nem mesmo na Globo.

*Secretária da Saúde, Carmem Zanotto (Cidadania) foi exonerada do cargo pelo governador Jorginho Mello (PL). Porém, apenas para poder reassumir o mandato de deputada federal por uns dias para que possa viabilizar emendas parlamentares para Santa Catarina. Semana que vem reassume o posto. Sua suplente é Geovânia de Sá (PSDB), que não se reelegeu em 2022.

*O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, disse que Lula da Silva (PT) foi orientado por seus médicos a usar máscara em reuniões e eventos. A ideia é evitar alguma contaminação que possa atrapalhar a cirurgia no quadril marcada para sexta-feira (29) no Hospital Sírio Libanês, em Brasília.

 

Bolsonaro em Chapecó

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) estará Chapecó nos dias 12 e 13 de outubro. JB é convidado do prefeito João Rodrigues (PSD), bolsonarista de carteirinha, para a Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó. O governador Jorginho Mello (PL), um discípulo fiel de Bolsonaro, também vai. Michele Bolsonaro, presidente nacional do PL Mulher, acompanha o marido. A movimentação do casal pelo país visa, num primeiro momento, as eleições municipais de 2024. Rodrigues e Bolsonaro são amigos desde quando eram deputados federais. Jorginho foi o grande defensor do ex-presidente na CPI da Covid no Senado.

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVDigital

Notícias relacionadas

x