Esportes

Com um a menos, Suíça leva jogo para pênaltis, mas Espanha avança para semi da Euro

A Suíça não conseguiu repetir na tarde desta quinta-feira (2), em São Petersburgo, a grande atuação quando eliminou a França nas oitavas de final. A seleção suíça sentiu muito o desfalque de seu principal jogador, Xhaka, que com o segundo cartão amarelo cumpriu suspensão automática. Leia mais Árbitro esquece da…

02/07/2021

Por

A Suíça não conseguiu repetir na tarde desta quinta-feira (2), em São Petersburgo, a grande atuação quando eliminou a França nas oitavas de final. A seleção suíça sentiu muito o desfalque de seu principal jogador, Xhaka, que com o segundo cartão amarelo cumpriu suspensão automática.

Leia mais

Já a seleção espanhola, comandada pelo técnico Luis Enrique, tentou penetrar na retranca da Suíça, que se armou defensivamente para o duelo, mas parou na forte marcação.

Logo nos primeiros minutos do jogo, Shaqiri assustou os espanhóis que aos sete minutos, deram o troco com Ferrán Torres que cobrou escanteio e a bola sobrou livre para o lateral do Barcelona, Jordi Alba, encher o pé e abri o placar. Apesar do chute de Alba, o gol foi anotado como contra, do volante Zakaria.

Com o placar adverso, a Suíça foi para o ataque, mas a Espanha soube abafar o ímpeto suíço. Para piorar a situação da seleção dos Alpes, o atacante Embolo saiu machucado aos 23 minutos.

O técnico suíço Petkovic, colocou o time para explorar mais ainda as bolas paradas, a grande arma da seleção nesta Eurocopa. Aos 24 minutos, os zagueiros espanhóis, Laporte e Pau Torres não se entenderam e a bola ficou sozinha para Shaquiri, que com muita categoria, deslocou o goleiro Simón e igualou o placar.

Aos 31 minutos, o volante Freuler, que deu passe para o gol de Shaqiri, recebeu o cartão vermelho direto por uma entrada dura em Moreno.

Com um a menos, a Espanha foi para cima e assustou a Suíça, que abriu mão de atacar para se defender. Com o jogo na prorrogação, Moreno perdeu um gol feito para a Espanha. O goleiro suíço, Sommer, foi decisivo parando o ataque da Fúria Espanhola.

Nos pênaltis, o capitão espanhol Busquets bateu a primeira cobrança na trave. Gravranovic, que foi ovacionado na vitória contra a França, converteu sua penalidade. Já Olmo, fez o primeiro da Espanha e Schar errou levando ao empate por 1×1.

O meio campista Rodri, poderia ter ampliado para a Espanha, mas Sommer defendeu. Akanji, pela Suíça, também perdeu.

A Fúria ficou em vantagem, na conclusão perfeita de Moreno já que Vargas isolou a bola para a Suiça. Na última cobrança, Oyazabal fez a cobrança, classificando os espanhóis.

A Espanha espera o vencedor de Bélgica e Itália, que já estão jogando. A semifinal está marcada para terça-feira (6), às 16 horas.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x