Brasil

Confira se você pode estar na lista dos segurados com benefício cancelado pelo INSS

Milhares de segurados do INSS poderão passar pelo veto dos pagamentos provenientes dos benefícios disponíveis. Saiba como evitar!

23/12/2022

Por

Editora, analista SEO e responsável pelo conteúdo que escreve. Atenta aos conteúdos mais pesquisados do país.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), é o órgão responsável pelo pagamento de diversos benefícios de caráter previdenciário. Dentre esses benefícios, portanto, estão as diferentes aposentadorias, auxílios, pensões, seguros, entre outros.

Atualmente, cerca de 36 milhões de brasileiros recebem algum valor proveniente de um dos benefícios ofertados pelo INSS. Contudo, parte desse público poderá sofrer o veto, em virtude do novo pente-fino do INSS.

Neste sentido, é extremamente importante entender quais benefícios do INSS sofrerão o veto, bem como quais são as dicas e orientações para evitar sofrer a suspensão.

 

Novo pente-fino do INSS

Bem, como dito anteriormente, o INSS é responsável por destinar milhões de reais em pagamentos mensais para mais de 36 milhões de brasileiros na categoria de beneficiários do órgão. Desse modo, o INSS tende a realizar eventuais pente-finos, visando evitar fraudes e recebimentos indevidos de valores.

Assim sendo, com a chegada do ano de 2023, o INSS está passando pelo maior pente-fino da história, que tende a durar meses. De acordo com as informações divulgadas pelo próprio Instituto, milhares de brasileiros poderão perder as parcelas mensais dos benefícios.

Contudo, o INSS não fará um pente-fino geral. Isto é, a nova leva de vetos está destinada para beneficiários do Auxílio-doença, assim como da aposentadoria por invalidez e do BPC (Benefício de Prestação Continuada). A razão desse direcionamento é justamente a maior possibilidade de fraudes envolvendo os beneficiários.

Neste sentido, se você é um beneficiário de algum desses benefícios, é o momento ideal para atualizar seus dados no sistema do INSS. Isso pode ser feito através do site oficial (meu.inss.gov.br). Além disso, mesmo com a atualização, pode acontecer do INSS enviar uma solicitação para os indivíduos sob o pedido de revisão.

Melhor dizendo, o INSS pode deixar diversos benefícios em revisão, necessitando que os titulares realizem os procedimentos pendentes ao órgão, para que somente assim seja possível voltar a receber. O foco está, justamente, em diminuir o número de cidadãos que recebem de forma indevida, como por exemplo, através da Reabilitação Profissional.

 

Meu benefício foi suspenso, o que fazer?

Antecipadamente, como dito anteriormente, o objetivo do INSS com essa nova rodadas de suspensão é justamente invalidar os repasses fraudulentos. Isto é, os benefícios em questão são fornecidos para cidadãos em situação de doença e/ou acidente, condicionados à incapacidade, seja ela temporária ou permanente.

Assim sendo, é dever de todo cidadão manter seus dados em dia, a fim de que seja possível comprovar a situação a qual se encontram. Ou seja, o INSS exige uma série de documentos capazes de comprovar a qualidade de incapaz de cada cidadão.

Dentre esses documentos, portanto, está a perícia médica do INSS e/ou lado. Logo, um dos principais motivos que podem levar ao veto é justamente não estar em dia com essa documentação. Portanto, a orientação é para que os segurados se regularizem o mais rápido possível com o Instituto.

Por fim, caso a suspensão tenha sido indevida, basta entrar em contato no site mencionado e encontrar a opção para o pedido de revisão. O mesmo pode ser feito mediante à apresentação dos documentos necessários.

 

Conteúdo original publicado por Pronatec

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x