Jaraguá do Sul

Construção da Casa Izabel deve ser iniciada na próxima semana 

O início das obras está programado para quarta-feira (30).

24/08/2023

Por

Estudante da 5ª fase de Design, curiosa por natureza e apaixonada pelo que faz.

Mulheres vítimas de violência que precisam ser afastadas de suas residências, terão um local adequado para permanecer em segurança, em Jaraguá do Sul. A Casa Izabel, que será construída em um terreno doado pelo Município, no bairro Jaraguá 99, para a Associação Beneficente Novo Amanhã, irá acolher mulheres vítimas de vários tipos de abusos. O início das obras está programado para quarta-feira (30). Quando for concluída, a unidade terá capacidade para abrigar até 24 mulheres, acompanhadas ou não de filhos pequenos.

O coordenador da Associação Beneficente Comunidade Terapêutica Novo Amanhã, Mateus Mantovani da Luz, esteve com o secretário de Assistência Social e Habitação da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Sadi Terres da Silva, e formalizou o convite para o evento de 30 de agosto, destacando a importante parceria do Município nesse processo. “É uma demanda importante que terá todo o nosso apoio, inclusive com os serviços da Assistência Social”, disse o secretário.

De acordo com o coordenador da Associação, o funcionamento será no modelo de autogestão, onde os funcionários e voluntários atuam como orientadores. “A limpeza, organização, produção de alimentos e cuidados com a horta e os jardins, serão feitos pelas próprias acolhidas”, disse. “A Casa Izabel terá como principal objetivo, o acolhimento provisório para mulheres em situação de risco de morte ou ameaças em razão da violência doméstica e familiar, causadora de lesão, sofrimento físico, sexual, psicológico ou dano moral”, completou. 

Segundo dados da 1ª Vara Criminal da Comarca de Jaraguá do Sul, até dezembro de 2022, havia 343 medidas protetivas em andamento e três vítimas de feminicídio registradas no município. Já os números da Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina, revelam que houve ao menos uma mulher estuprada por mês em Jaraguá do Sul, em 2022. Em relação à violência doméstica, o número foi de um caso registrado por dia, em média, no mesmo ano.

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVDigital

Notícias relacionadas

x