Economia

Cooperativa de Massaranduba cancela inauguração de abatedouro e central de grãos

A Cooperativa Juriti faria no sábado, 11 de dezembro, a inauguração de dois investimentos de vulto

07/12/2021

Por

Cooperativa de Massaranduba cancela inauguração de abatedouro e central de grãos

F.J.Brugnago

A Cooperativa Juriti faria no sábado, 11 de dezembro, a inauguração de dois investimentos de vulto, às margens da Rodovia SC-108, próximo do trevo de acesso à BR-101, pela SC-415. As duas obras simultâneas que integram o plano de crescimento na área do arroz e o novo negócio, o abatedouro de tilápia, tem um investimento em torno de R$ 40 milhões.

A segunda central de recepção do arroz terá capacidade de receber e secar até 350 mil sacas de arroz, das quais 200 mil sacas secas permanecerão nos silos construídos no local e 150 mil serão encaminhadas para os silos anexos à sede administrativa e engenho, no Patrimônio. Já o frigorífico de peixe está com as obras sendo finalizadas, com área em torno de 1.000m², mais a lagoa de decantação.

O projeto foi aprovado pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Essa nova atividade econômica da Cooperativa Juriti tem foco na produção, industrialização e comercialização do pescado, aproveitando o mercado onde já atua com a venda do arroz, mas também novas frentes de comercialização serão abertas.

A segunda central de descarga é para reduzir o acúmulo de caminhões para descarga no pico da safra do arroz. O local fará a secagem do arroz, mas será utilizado, também, para secagem de milho.

De acordo com o presidente da Cooperativa, Orlando Giovanella, tudo se encaminhava para a inauguração no dia 11, com uma grande festa envolvendo associados, parceiros comerciais e convidados. Todavia, uma nova portaria do Estado divulgada na semana passada proíbe eventos ao ar livre que provoquem aglomeração em Santa Catarina. A medida surgiu depois do alerta para a nova variante do coronavírus, a ômicron.

Independentemente de inauguração as operações começam em janeiro

Conforme o governo, a Portaria 1.035 veio para ampliar os cuidados frente à ômicron. Com isso, os estabelecimentos e organizações que promovem eventos devem seguir o protocolo Evento Seguro e divulgar amplamente as medidas preventivas. O protocolo Evento Seguro foi regulamentado por decreto estadual e dispõe sobre eventos de grande porte, que comportem mais de 500 pessoas.

A nova portaria proíbe a realização de shows, festivais, apresentações musicais e demais eventos públicos de grande porte ao ar livre que provoque aglomerações ou tenham estimativa de participação de mais de 500 pessoas e não apresentem condições de implantar pontos de controle de acesso ao público.

A Cooperativa tinha previsto um grande evento, para cerca de duas mil pessoas, para a confraternização inaugural. “Já tínhamos os convites prontos e muitos foram distribuídos, mas por conta das exigências sanitárias decidimos cancelar e realizá-la em data oportuna, quando a situação relacionada ao coronavírus esteja diferente e segura”, comenta o presidente Orlando Giovanella.

Todavia tanto o abatedouro quanto a nova central de recebimento de grãos vão entrar em operação em janeiro. A abatedouro no dia 3 e a segunda central de recebimento e secagem de grãos na segunda quinzena, quando iniciar o corte da safra 2021/2022. “Tudo como estava planejado”, completa Orlando.

Para não deixar a data de 11 de dezembro em branco, a Cooperativa decidiu fazer uma live mostrando as obras em vários estágios e a situação atual, para que os sócios e outros interessados possam conhecer.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x