Corupá

Corupá eleva índice de efetividade na Atenção Primária de Saúde

São analisados por indicadores como atenção às gestantes, vacinação, preventivos, acompanhamentos a hipertensos e diabéticos

21/06/2022

Por

Corupá eleva índice de efetividade na Atenção Primária de Saúde

Divulgação

A Prefeitura/Secretaria Municipal de Saúde de Corupá está comemorando o avanço nos índices da Atenção Primária de Saúde (APS), medidos pelo Ministério da Saúde. De acordo com o secretário Felipe Rafaeli Rodrigues, em 2018 o município aparecia com índice 3 e gradativamente foi elevando sua posição até alcançar a nota 8 no Índice de Indicadores Previne Brasil.

Ele explica que quanto melhor a posição, significa que o atendimento primário à população evoluiu consideravelmente, o que proporciona também a vinda de mais recursos do governo federal.

“No último quadrimestre de 2021, estávamos em 6.53 e já nos primeiros quatro meses deste ano, avançamos para 8.04”, registra.

Os números mostram que no primeiro quadrimestre de 2021, a nota era de 5.2, que saltou para 5.75 no quadrimestre seguinte e evoluiu para 6.53 no fechamento do ano, alcançado 8.04 neste ano. São analisados por indicadores como atenção às gestantes, vacinação, preventivos, acompanhamentos a hipertensos e diabéticos.

“Saímos da posição 191 entre os municípios de Santa Catarina e atualmente estamos em 58º. Para cada habitante cadastrado na Atenção Primária à Saúde, o governo federal repassa R$ 5,95, como PAB Fixo e o restante na variável, enquanto que as demais despesas ocorrem por conta da Prefeitura”, diz. “A participação do Ministério da Saúde aumenta à medida em que se avança nos índices. “O cofinanciamento alcança 30%, percentual distante do desejável, por isso é importante o envolvimento de todos na busca por uma participação federal”, conclui Rodrigues.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

Notícias relacionadas

x