Educação

Governo de SC concede mais de 30 mil bolsas universitárias através do Uniedu

Os estudantes de graduação contemplados pelo Uniedu recebem bolsas em valores que podem variar entre 25% e 100% da mensalidade

27/06/2022

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Governo de SC concede mais de 30 mil bolsas universitárias através do Uniedu

Ricardo Wolffenbüttel/Secom

O programa de bolsas universitárias de Santa Catarina (Uniedu) registrou um recorde em 2022 de beneficiados em um único semestre. 

Conforme o site do governo, foram contemplados 31,1 mil estudantes com bolsas de graduação antes do fim de junho. O número é 32,8% maior em relação ao registrado nos primeiros seis meses de 2021, quando 23,4 mil estudantes foram beneficiados. 

“Ficamos muito felizes o fortalecimento do Uniedu está mudando a vida de milhares de estudantes. Os catarinenses contam com um grande programa de Estado para conseguir concluir o ensino superior e avançar na qualificação. É esse olhar especial para cada nível de ensino, garantindo investimentos para todos, que Santa Catarina seguirá no rumo do desenvolvimento” afirma o secretário de Educação, Vitor Balthazar.

O investimento do governo catarinense para a concessão de bolsas universitárias neste ano também é um recorde, com R$ 455 milhões.  Os recursos são repassados às instituições de ensino superior conforme as bolsas são concedidas aos estudantes. 

Os estudantes de graduação contemplados pelo Uniedu recebem bolsas em valores que podem variar entre 25% e 100% da mensalidade dos cursos em que estão matriculados. A definição deste valor é de responsabilidade da instituição de Ensino Superior em que eles estão matriculados.

A priorização das bolsas segue o índice de carência, que automaticamente seleciona os estudantes que mais necessitam do auxílio. 

Esse índice leva em conta a renda familiar, a moradia, os bens no nome da família, a despesa com educação com outros membros da família, a despesa familiar mensal com transporte para estudo, a despesa com tratamento de doenças crônicas e a quantidade de integrantes da família.

Antes de realizar sua inscrição no sistema do Uniedu, o estudante deve verificar se a instituição de ensino superior é cadastrada (clique aqui). Depois, ao preencher seus dados, são solicitados diversos documentos relacionados à renda familiar do interessado, que podem ser consultados neste tutorial (clique aqui).

A concessão da bolsa é de inteira responsabilidade da instituição de ensino superior do estudante, que possui uma equipe técnica responsável por elaborar um edital próprio, conferir os documentos apresentados no momento do cadastro e fiscalizar todo este processo.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x