Economia

Jaraguá do Sul acumula 4,3 mil de saldo de vagas de emprego no ano

Neste período, o estado criou 111,4 mil vagas de trabalho

06/07/2021

Por

O Ministério da Economia, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgou no dia 1º de julho os números referentes a geração de empregos nos cinco primeiros meses deste ano. Neste período, o estado criou 111,4 mil vagas de trabalho. Apenas em maio, o saldo positivo foi de mais de 13,5 mil postos de trabalho.

Leia mais

Jaraguá do Sul foi uma das cinco cidades que contribuiu para este bom desempenho. Está entre os cinco municípios com melhor saldo de vagas entre janeiro e maio – 4.299 vagas -, atrás apenas de Joinville, Blumenau, São José e Itajaí. Neste período, teve um acumulado no ano de 17.581 admissões e 13.282 demissões. Somente em maio, o município registrou 3.032 novas contratações contra 2.573 desligamentos com saldo positivo de 459 postos de trabalho.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Daniel Arruda, os números do Caged referendam o perfil empreendedor jaraguaense.

“São dados extremamente positivos para a nossa cidade, contando com um ótimo ambiente de trabalho, diversidade do parque industrial e o empreendedorismo peculiar do nosso povo, mais uma vez Jaraguá do Sul mostra sua força produtiva e solidez econômica diante do cenário atual”, afirma.

O coordenador da Agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Jaraguá do Sul, Douglas Venturi também avaliou positivamente o desempenho do município no ranking do Caged. Para ele, o termômetro desse comportamento do mercado de emprego é a crescente oferta de empregos não somente pelo Sine como também de outras agências de recursos humanos instaladas na cidade.

O setor metalúrgico é um dos que mais oferece demanda de ofertas de emprego, seguido dos setores têxtil e de construção civil.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x