Educação

JDV Educação Massaranduba: Conheça o C.E.I. Ivete Spézia Schmitt

Fazendo arte com os elementos da natureza

17/11/2021

Por

JDV Educação Massaranduba: Conheça o C.E.I. Ivete Spézia Schmitt

Divulgação

Fazendo arte com os elementos da natureza

As turmas do maternal II B e maternal II C, acompanhados pelas professoras Maria Tatiana Mader Martins, Cheila Marezani e Denise Medina Rossi e auxiliares de sala Susane Lubawski, Janaine S. de Sousa e Milena Vegini realizaram, com as crianças, o projeto: “A criança, a natureza e a arte”, tendo como objetivo explorar diversos elementos da natureza a fim de descobri-los e realizar novas experiências, estimulando o desenvolvimento da imaginação e o potencial criativo das crianças.

As crianças elaboraram sua compreensão da natureza nos primeiros anos de vida, e esta compreensão acontece na experiência da interação através dos sentidos, da manipulação e exploração, ou seja, no contato direto. Elas vivenciaram diversas experiências e descobertas utilizando tintas naturais. Nas imagens as crianças estão explorando tinta de barro e utilizando como pinceis diferentes galhinhos de árvore produzindo suas marcas gráficas com muita criatividade.

Brincadeira e desafio através do circuito motor

Uma das atividades desenvolvidas nas aulas de Educação Física na Educação Infantil são os circuitos motores. O professor Ademar José Otto Junior, que atua com as turmas do pré-escolar I e II e também o Maternal II C realiza diversos circuitos com as crianças com o objetivo de desenvolver as diversas áreas motoras.

Eles são de muita importância na Educação Infantil, pois possibilitam o desenvolvimento de habilidades corporais, que exploram e ampliam os movimentos, estimulando as crianças a entenderem seus limites e a superarem os desafios. A fim de oferecer diversas possibilidades, utilizamos materiais como: elásticos, arcos, mesas, colchonetes, pneus, cordas, cones, bancos, materiais não estruturados e sucatas, que são organizados intencionalmente, de maneira desafiadora e lúdica, para que as habilidades psicomotoras sejam aprimoradas.

Dessa forma, o trabalho com movimento tem como objetivo possibilitar às crianças se deslocarem com destreza ao andar, correr, pular e desenvolver o equilíbrio, a agilidade, a noção espacial e a segurança, tudo isso favorece o sentimento de confiança nas próprias capacidades motoras.

Crianças e seus sentimentos: fortalecendo laços de amizade

A turma do pré-escolar II A matutino e vespertino, com a professora Tiamara Lewandowski e as auxiliares de sala Danielle Wittcowski e Ângela Geworowski, realizaram o projeto “Branca de Neve”, que teve como objetivo: Incentivar a criança, partindo da história, a criar laços de amizade, solidariedade, criatividade, autoestima e seu poder de conquista. Foram proporcionadas atividades em que as crianças puderam reconhecer e expressar seus sentimentos por meio de diversas linguagens, estabelecendo relações entre seus saberes e as novas aprendizagens, valorizando o espaço da escola como um lugar de afeto, trocas e compreensão.

Algumas das atividades desenvolvidas foram: conhecer a história da Branca de Neve, usar os instrumentos musicais, confeccionar uma maçã com recicláveis, usar a lupa para encontrar pegadas de pequenos animais nos arredores da escola.

As crianças foram surpreendidas com um pequeno baú cheio de joias em meio às plantas, que continha um bilhete explicando que cada criança podia escolher uma joia, para com ela selar os laços de amizade dos alunos do Pré II.

A euforia estava presente nesse momento, havendo questionamentos de como o baú apareceu no bosque da escola e ainda um bilhete escrito pela Branca de Neve. Foi um momento de curiosidade, trocas, escolhas e muita ansiedade para chegar em casa e poder contar o que tinha acontecido.

Música que transforma, música que ensina

Esta atividade foi desenvolvida pela professora de musicalização Katia G. V. Guesser com a turma do Jardim A. As aulas de musicalização têm por objetivo estimular, desenvolver as habilidades das crianças através de atividades realizadas com música. Através do som e dos objetivos da professora, a criança pode desenvolver o conhecimento de ritmos, expressar sentimentos, coordenação motora, cores, sons do corpo, trabalho em equipe, prazer ao ouvir diferentes ritmos e estilos musicais.

A professora utilizou a música “Forró do Zig Zag”, onde as crianças exploraram o ritmo forró, realizaram a atividade em dupla sendo necessário o trabalho em equipe, a coordenação dos movimentos com o parceiro em movimentos de vai e vem seguindo o ritmo da música.

A musicalização é uma ferramenta para ajudar as crianças a desenvolverem o universo que conjuga expressão de sentimentos, suas ideias, valores culturais e auxilia a comunicação do indivíduo com o mundo exterior e seu universo interior.

Horta CEI: Plantar é ensinar

O plantio e cuidado da horta vêm sendo realizado no CEI a muitos anos. Este projeto visa ampliar o contato das crianças com a natureza em um ambiente diferenciado.  Acredita-se que não somente as crianças, mas como também todos os envolvidos tendem a vivenciar experiências enriquecedoras durante a execução deste projeto.  Este ano, o trabalho com a horta está sendo realizado em parceria com a Cooperativa Juriti.

O ato de colocar a mão na terra para preparar o plantio, faz com que a criança possa ter o contato com uma série de estímulos sensoriais importantes para o seu desenvolvimento. Neste contexto, o cultivo de hortas escolares pode ser um valioso instrumento educativo. O contato com a terra no preparo dos canteiros e a descoberta de inúmeras formas de vida que ali existem e convivem, o encanto com as sementes que brotam como mágica, a prática diária do cuidado: regar, transplantar, tirar matinhos, o exercício da paciência e perseverança até que a natureza nos permita ver a transformação de pequenas sementes em verduras e legumes viçosos e coloridos.

Estas vivências podem transformar pequenos espaços em cantos de muito encanto e aprendizado para todas as idades. É importante colher e saborear o que foi plantado pelas próprias mãos, podendo ser uma atividade realmente significativa para as crianças, algo que ficará registrado em suas vidas.

A horta trouxe participação das turmas no coletivo e, por meio dela as crianças puderam aprender a valorizar um ambiente sustentável demonstrando atitudes de preservação e conservação do meio ambiente.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x