Educação

JDV Educação Massaranduba: Conheça o CEI Ivete Spézia Schmitt

Projeto Espaços que transformam: Restauração do espaço da Ecoteca e do NICKPET

22/09/2021

Por

JDV Educação Massaranduba: Conheça o CEI Ivete Spézia Schmitt

Divulgação

Projeto Espaços que transformam: Restauração do espaço da Ecoteca e do NICKPET

As turmas dos jardins, com as professoras Andreia Jagiello, Leidimara B. Bardim e Maura Rozana Petry, e as auxiliares Maiara Berci, Luzia N. dos Santos e Hemilly M. Lazzaris realizaram a restauração do espaço da Ecoteca, realizando a pintura dos paletes e confeccionando regadores com materiais recicláveis, este espaço fica próximo à horta do CEI, e serve para colocar os utensílios usados para a manutenção e cuidado da horta.

Nickpet é o mascote da reciclagem, ele foi criado para instigar nas crianças o cuidado que devemos ter com nosso planeta, respeitando com zelo o espaço ao nosso redor.

A restauração dos espaços tem como principal objetivo desenvolver atitudes de manutenção e preservação dos espaços coletivos e do meio ambiente, a fim de instigar nas crianças atitudes de cuidado e valorização do meio na qual se encontram inseridas.

Vida Leve, Família Feliz: Dia da Família online 2021

Em agosto aconteceu o tradicional Dia da Família no CEI Ivete Spézia Schmitt e Pré-escolar Gotinha Sapeca. Este ano, devido às restrições da pandemia, a data precisou ser repensada e realizada no formato on-line. Na semana que antecedeu o Dia da Família, todas as turmas participaram de atividades relacionadas ao tema, que este ano foi “alimentação saudável e atividade física”. Intitulado como “Vida Leve, Família Feliz”, o Dia da Família veio com uma proposta de atividades pensando no bem-estar das famílias e objetivando promover qualidade de vida através da alimentação, atividades físicas e uma vida em família.

Para dia 21 de agosto, a proposta era que cada família, em suas casas ou em ambientes livres, realizassem uma atividade relacionada ao tema. Foram muitas as participações realizadas pelas famílias. Foi gratificante observar o envolvimento de toda comunidade escolar neste movimento em prol da parceria entre escola e família.

Projeto Cesto dos Tesouros no Berçário

Essa atividade foi baseada no livro “O Brincar Heurístico na Creche” de Paulo Fochi, doutor em Educação, e realizada com os bebês do Berçário I. A professora Jenifer M. Pawlak e as auxiliares Tânia M. Spézia e Bruna M. da Silveira coordenaram o projeto. No Cesto dos Tesouros são colocados “objetos-tesouros”, cujas possibilidades de peso, textura, tamanho, som, cor, cheiro, bem como formatos diversos, oferecem aos bebês a chance de investigar e descobrir “o que é” de cada item. O propósito deste cesto de objetos é despertar, ao máximo, os sentidos dos bebês, instigar a curiosidade, a pesquisa, a investigação, ou seja, provocar a ação sobre os objetos e desenvolver a capacidade de concentração.

Usando os recursos tecnológicos e imaginando: e se eu fosse um desenho?

As crianças interagem com histórias, onde estas oferecem um despertar da criatividade, curiosidade e imaginação. A turma do Pré 1 matutino da professora Luiza K. Labes, por intermédio do projeto Aventuras no Sítio, ampliaram o seu mundo mágico e se “transformaram em desenhos”. Para vivenciar este momento foram utilizados recursos tecnológicos.

Então se eu fosse um desenho, como eu seria?  Utilizando um aplicativo no celular foram tiradas as fotos das crianças. Após as fotos tiradas, as imagens das crianças foram transformadas em “desenhos animados” por um aplicativo e após estas imagens foram projetadas em tamanho grande e neste momento as crianças começaram a se identificar. Foram diversos sentimentos que aparecem quando começaram a visualizar e se encontrar.

Ao realizar esta atividade foram utilizados o celular e um aplicativo que modifica a foto da criança com características de desenho animado; também foi utilizado projeto multimídia. Essa atividade é um exemplo de como o professor pode utilizar os recursos tecnológicos, tão presentes no cotidiano das crianças.

Esses recursos além de auxiliarem o professor a atingir o objetivo de a atividade estimular a criatividade das crianças, ainda chamam a atenção das crianças e fazem com que as aulas sejam mais atrativas e divertidas para elas.

Desafio do revezamento da tocha olímpica

O CEI Ivete Spézia Schmitt, por meio do professor de educação física Maicon F. Naffien e da professora do pré-escolar 1B, Luiza K. Labes, está participando do Desafio do Revezamento da Tocha Olímpica, organizado e divulgado pelo Instituto Impulsiona, que tem como objetivo estimular o uso do esporte como ferramenta educacional no desenvolvimento integral dos alunos nas escolas do Brasil. O desafio Revezamento da Tocha pretende utilizar um dos símbolos mais importantes das Olimpíadas para incentivar habilidades como criatividade, trabalho em equipe, sustentabilidade e protagonismo entre os jovens.

Iniciamos o desafio trazendo para os alunos um pouco da história dos jogos, significados, fatos marcantes, símbolo olímpico e paralímpico, fogo e tocha. Após a apresentação da história, realizamos a confecção das tochas com materiais recicláveis que os alunos tinham em casa e também com o que tínhamos na instituição.

Trouxemos através do revezamento da tocha na nossa escola, paisagens que resgatam e representam a história, cultura, cultivo e costumes da cidade de Massaranduba, apresentando para nossos alunos os lugares, fazendo com que pudessem entender, conhecer e apreciar a nossa diversidade e o espírito olímpico e paralímpico. O revezamento tem como objetivo passar valores como respeito, amizade, trabalho em equipe, diversidade e inclusão.

Arte rupestre na educação infantil

Com o intuito de criar um aprendizado significativo, a professora de arte e musicalização Alcinéia Cristina da Silva do pré-escolar Gotinha Sapeca desenvolveu as atividades sobre arte rupestre. A atividade faz parte do projeto realizado pela professora no qual tem como objetivo principal a participação e o contato com diferentes manifestações artísticas.

As atividades desenvolvidas foram: vídeo explicativo sobre a pré-história para crianças, no final do vídeo cada um teve a oportunidade de se expressar sobre o que entenderam; falaram sobre os sons presentes nas cavernas e pararam para perceber os sons presentes no nosso ambiente; realizaram pintura com carvão em papel pardo imitando as pinturas nas cavernas; realizaram registro com o carimbos das mãos em um papel pardo grande; as crianças tiveram a oportunidade de modelar dinossauros; também com a participação dos pais e responsáveis, cada criança procurou e pintou com tinta guache, pedras de diferentes tamanhos  que encontraram em suas casas.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x