Educação

JDV Educação Massaranduba: Educação Ambiental

Massaranduba recebe no dia 9 de setembro capacitação para os setores administrativos da Prefeitura

09/09/2021

Por

JDV Educação Massaranduba: Educação Ambiental

Divulgação

1 Plano de gerenciamento de resíduos sólidos

Massaranduba recebe no dia 9 de setembro capacitação para os setores administrativos da Prefeitura para implantação do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) nos setores administrativos da Prefeitura. Essa é uma ação do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí – CIMVI, Prefeitura e Grupo Intersetorial de Educação Ambiental – GIEA. O objetivo deste trabalho é promover a formação de cidadão mais crítico e consciente em relação a utilização e valorização dos resíduos, desdobrando ações sustentáveis para o processo de aproveitamento dos resíduos sólidos envolvendo a educação ambiental não-formal e o processo de gerenciamento.

2 Formação sobre importância da biodiversidade da Mata Atlântica

Gestores, orientadores e professores de Massaranduba receberam no dia 19 de agosto formação on-line sobre a Importância da Biodiversidade da Mata Atlântica. A formação foi realizada pela Epagri – Empresa de Pesquisa e Extensão Rural de Santa Catarina, por meio da extensionista social Roberta Ramos e mediada pela extensionista social Josiane de Souza Passos. A temática decorreu de diagnóstico realizado pela Secretaria de Educação em abril deste ano em todas as escolas e centros de educação infantil.

A formação destacou assuntos como: biomas brasileiros, Mata Atlântica em Santa Catarina, tipos de florestas, importância econômica florestal, estratégias para conservação, importância de conservar entre outros. Esta abordagem poderá ser utilizada em projetos pedagógicos sobre valor da implantação de bosques em espaços escolares, trilhas, observatório e identificação da flora e fauna, produção de mudas, apresentando um potencial para a realização das mais variadas conciliações ao ambiente escolar.

3 Projeto vale plantar comemoração da semana da Árvore

O projeto Vale Plantar (“A cada dois pés plante um pé”) foi proposto pelo CIMVI (Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí) e Massaranduba aceitou o desafio. A meta de atingir em três anos, o desafio de cada cidadão plantar uma muda nativa foi aceita.  Este projeto visa a recuperação de áreas degradadas a nível público e privado objetivando o plantio de mudas nativas e recuperação de espaços ligados ao Plano Municipal da Mata Atlântica, cumprimento do Cadastro Ambiental Rural (mata ciliares), recuperação de nascentes, bem como urbanização urbana.

É importante promover essa ação para conscientização da atual e futura geração quanto à responsabilidade socioambiental com estes espaços de grande importância para a vida.

O projeto conta com a parceria firmada com a Cooperativa Juriti, Grupo Intersetorial de Educação Ambiental, Prefeitura e CIMVI. No entanto, demais parceiros sejam eles de entidades públicas ou privadas poderão aderir ao projeto em busca da sustentabilidade e do compromisso com o meio ambiente. O lançamento oficial do projeto acontecerá dia 22 de setembro, às 14h, na Escola de Educação Básica Felipe Manke. Juntos faremos parte desta história.

4  Gato Maracajá como mascote

O Grupo Intersetorial de Educação Ambiental (GIEA) reunido no auditório da Secretaria de Educação, escolheu o gato maracajá (Leopardus wiedii) como sua mascote. Agora está em fase de criação da arte para, na sequência, abrir concurso para a escolha do nome. A escolha do gato do mato (maracajá) como mascote da educação ambiental foi feita pelos integrantes do GIEA, com a participação da Fujama, de Jaraguá do Sul.

Notícias relacionadas

x