Geral

Manifestantes protestam contra o racismo em Joinville

Os atos ocorreram na tarde da última quarta-feira (3) de forma pacífica. 

04/06/2020

Por

Manifestantes protestam contra o racismo em Joinville

“Quem mandou matar Marielle?” “Vidas Negras e periféricas importam” “Quem policia a polícia?”, foram com essas frases que manifestantes percorreram a região central em um ato contra o racismo e a violência policial contra negros, em Joinville.

Os protestos ocorreram após a morte de George Floyd, um ex-segurança negro morto por um policial branco, nos Estado Unidos.  A ação ocorreu de forma pacífica  e não houve confronto. 

Mesmo em baixo de chuva, a população se reuniu e, em coro, repetiam frases contra o fascismo e a defesa da democracia. A maior parte dos manifestantes eram jovens que seguravam cartazes de pessoas negras que foram mortas durante ações policiais. 

Leia mais:

O trajeto iniciou na Praça da Bandeira por volta das 18 horas e passou pelos principais pontos da área central da cidade. Em uma publicação nas redes sociais, manifestantes que participaram do ato relataram que durante o percurso um motoqueiro tentou furar um bloqueio, feito em frente ao semáforo.

Os militantes paravam em frente aos carros e gritavam palavras de ordem. “Com essa tentativa, todos os veículos começaram a buzinar para que os manifestantes saíssem”, dizia o internauta.

Após a tentativa de persuadir os protestos, os manifestantes puxaram o coro “recua fascista, recua”. “Os carros pararam de buzinar na hora”, relatou o manifestante em uma publicação no twitter. 

 Fotos: Kevin Eduardo/O Mirante

Nas redes sociais, a manifestação foi elogiada pelo deputado Federal de Santa Catarina, Pedro Uczai. “O futuro dependerá da mobilização popular. Só a luta muda a vida”, pontuou. 

Segundo nota divulgada, os organizadores do evento relatam que como prevenção ao combate ao novo coronavírus  somente alguns integrantes de cada grupo participaram dos protestos. 

Além de Joinville, outros protestos contra o racismo foram realizados em cidades de outros estados. Em Curitiba, houve confronto com a PM e atos de vandalismo foram registrados. Oito pessoas foram apreendidas e detidas. 

 

 

 

Notícias relacionadas

x