Brasil

Menino que comeu lagartixa frita dada por mãe de madrasta volta a ser internado

Criança teria demonstrado interesse em comer o animal após mulher relatar que, no passado, ele era consumido por pessoas em estado de vulnerabilidade socioeconômica

22/11/2023

Por

Estudante da 5ª fase de Design, curiosa por natureza e apaixonada pelo que faz.

O menino de 11 anos que comeu lagartixa frita foi novamente internado, nessa terça-feira (21), em uma unidade de saúde após voltar a passar mal, em Formosa, Goiás. O animal foi preparado e servido ao garoto pela mãe da madrasta dele.

A mãe do jovem, Raquel de Souza, disse que o filho se sentiu mal novamente nessa segunda-feira (20). No dia seguinte, ele foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). As informações são do portal G1.

 

Ele está passando mal com diarreia e mal-estar, fraqueza, dor de cabeça devido a essa infecção. A flora intestinal dele está toda bagunçada devido ao tanto de bactéria que tem no corpo dele. Foi isso que o médico explicou.”

RAQUEL DE SOUZA
mãe do menino

 

Ele foi liberado da unidade no mesmo dia, mas deve retornar nesta quarta-feira (22) para pegar o resultado de exames e passar por uma nova consulta médica, segundo a publicação.

 

“Desde que comeu a lagartixa, todos os dias ele sente algo, dor de cabeça, vômito, diarreia, fraqueza, febre, falta de apetite”, disse a mãe da criança.

 

O menino está com dificuldade em se alimentar, comendo apenas frutas e tomando água de coco.

O QUE ACONTECEU

 

Após passar o fim de semana na casa do pai, que foi trabalhar no dia 6 de novembro, uma segunda-feira, o menino ficou sozinho com a madrasta e a mãe dela. Enquanto brincava, acabou quase matando uma lagartixa.

 

Na ocasião, a idosa, de origem humilde, relatou à criança que, no passado, as pessoas em estado de vulnerabilidade socioeconômica comiam o animal para evitar passar fome.

 

A atual sogra do pai era uma pessoa muito simples, parece que já passou fome no passado e comentou com a criança que antigamente as pessoas comiam aquilo, porque passavam necessidade.”

PAULO HENRIQUE SANTOS
Delegado

 

Curioso, o garoto teria demonstrado interesse em comer o lagarto e a mulher se ofereceu para preparar o animal, desde que ele conseguisse outros. Então, o menino caçou quatro lagartixas, que foram limpas, temperadas, fritas e servidas a ele pela mãe da madrasta.

 

 

No dia seguinte a refeição, o jovem começou a passar mal, com infecção, e chegou a ficar hospitalizado por três dias.

 

Fonte: diariodonordeste

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVonline

Notícias relacionadas

x