Saúde

Ministério da Saúde deve distribuir vacinas contra covid-19 suficientes para aplicar em todas as crianças de cinco a 11 anos no Brasil, diz Queiroga

O anuncio ocorreu durante um ato de imunização infantil contra a covid-19, em Maceió

14/02/2022

Por

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou a dizer que o ministério vai distribuir vacinas suficientes para aplicar a primeira dose em todas as crianças de cinco a 11 anos no país. O anuncio ocorreu durante um ato de imunização infantil contra a covid-19, em Maceió (AL).

No evento, Queiroga voltou a defender a não obrigatoriedade da vacinação de crianças de cinco a 11 anos, mas fez um apelo para que os pais levem seus filhos para vacinar. Na última terça-feira (8), o ministro informou que após 55 dias da aprovação da primeira vacina para uso infantil contra a covid-19 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o percentual de crianças dessa faixa etária que tomaram a primeira dose de imunizantes contra a doença não passa de 15%.

“Vamos disponibilizar as vacinas para os pais e eu exorto a cada pai e cada mãe que levem seus filhos para a sala de vacinação”, disse.

Queiroga também criticou a aplicação de uma segunda dose de reforço das vacinas contra a covid-19 e disse que o país precisa avançar antes na aplicação da dose de reforço ou terceira dose. A aplicação de uma quarta dose foi levantada pelo governo de São Paulo e pela prefeitura do Rio de Janeiro.

“Antes de querer aplicar quarta dose sem evidência científica precisamos avançar na aplicação da terceira dose de vacina. O Brasil aplicou em cerca de 30% da sua população a dose de reforço, não queremos aplicar uma quarta dose sem ainda ter uma evidência científica forte”, explicou.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x