Brasil

Moraes envia à PGR pedido para suspender posse de deputados suspeitos de ligação com atos de 8 de janeiro

O ministro deu 24h para o ministério público responder a solicitação

28/01/2023

Por

Editora, analista SEO e responsável pelo conteúdo que escreve. Atenta aos conteúdos mais pesquisados do país.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou à Procuradoria-Geral da República (PGR) um pedido de advogados para que a Corte suspenda a posse de deputados bolsonaristas nos atos de 8 de janeiro.

Leia também: >>> Alexandre Garcia comenta os vetos da ex-Presidente sobre a questão “terrorismo”

A solicitação foi feita nesta sexta-feira (27). O ministro deu 24h para o Ministério Público se manifestar sobre o pedido. O requerimento pede ainda que o órgão investigue nos atos de 8 de janeiro.

O pedido foi feito pelo Grupo Prerrogativas. Os nomes citados são:

André Fernandes (PL-CE)

Carlos Jordy (PL-RJ);

João Henrique Catan (PL-MS);

Luiz Ovando (PP-MS);

Marcos Pollon (PL-MS);

Nikolas Ferreira (PL-MG);

Rafael Tavares (PRTB-MS);

Rodolfo Nogueira (PL-MS);

Sargento Rodrigues (PL-MG);

Silvia Waiãpi (PL-AP);

Walber Virgolino (PL-PB).

Leia também: >>>>>>>>>> Governo Lula quer responsabilizar plataforma que não remover conteúdo antidemocrático

No pedido, o grupo solicita que seja concedida medida cautelar para suspender a diplomação dos deputados e impedir a posse, que está marcada para a próxima quarta-feira (1°).

Com isso, cabe à PGR pedir a suspensão da posse dos deputados ou solicitar o arquivamento da ação no STF.

 

Conteúdo postado por CulturaUOL

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVDigital

Notícias relacionadas

x