Educação

Nove em cada dez estudantes confiam em seus professores e 87% os enxergam como exemplos positivos

Essa constatação faz parte da pesquisa Educação na perspectiva dos estudantes e suas famílias, realizada pelo Datafolha a pedido do Itaú Social, Fundação Lemann e BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

16/10/2023

Por

Estudante da 5ª fase de Design, curiosa por natureza e apaixonada pelo que faz.

Nove em cada dez estudantes afirmam confiar em seus professores e 87% os enxergam como exemplos positivos.

O estudo também mostra que os docentes têm boa proximidade com os estudantes, pois 81% dos alunos contam que não possuem problemas na relação com seus professores, enquanto que apenas 19% discordam dessa afirmação. Os períodos de Alfabetização e Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) têm maior facilidade no relacionamento (87% e 86%) em comparação com os Anos Finais (6º ao 9º ano) e Ensino Médio, com 77% e 78%, respectivamente.

Na interação com as famílias, 72% dos estudantes e seus familiares responderam que contam com os professores para esclarecer dúvidas, com percentuais mais altos entre os alunos de Alfabetização (78%) e Anos Iniciais (77%). Os docentes da região Sul aparecem como os mais receptivos, com 82%; em contrapartida, na região Norte essa prática ocorre com menor frequência, registrando 67%.

Para 87% dos responsáveis dos estudantes, os docentes conhecem muito ou em parte as dificuldades de aprendizado de cada um de seus alunos. Segundo o estudo, os professores da região Sul são quem tem maior percepção, com 93%. O Nordeste se aproxima com 90% e aparecem na sequência as regiões Centro-Oeste (86%), Norte (86%) e Sudeste (83%).

Esse reconhecimento pode ser justificado pelas atividades realizadas nas escolas, em que 91% dos familiares argumentam que elas ajudam a criar uma relação de confiança entre ambos. Na região Norte, esse índice é de 95%, seguido do Sul (94%) e Nordeste (93%). Centro-Oeste e Sudeste aparecem praticamente empatados, com 88% e 87%, respectivamente.

“A motivação dos professores em elaborar soluções criativas para tornar as aprendizagens mais atrativas é reconhecida aos olhos dos estudantes, que, por sua vez, correspondem se engajando na dinâmica da matéria. Essas iniciativas marcam a trajetória escolar de crianças, adolescentes e jovens, fazendo com que o aluno observe uma perspectiva mais ampla de sua vida”, afirma a coordenadora de Educação Infantil do Itaú Social, Juliana Yade, que também atuou durante oito anos como professora do Ensino Fundamental.

Professor: a chave da transformação

Para o Dia do Professor, 15 de outubro, elencamos histórias de professores de todo o país que têm transformado o cotidiano escolar. Apesar dos desafios, o entusiasmo pela docência é o que os move, para, inclusive, trazer inovações para a sala de aula.

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVonline

Notícias relacionadas

x