Jaraguá do Sul

Obras da casa de acolhimento Izabel já foram iniciadas

Quando for concluída, ela terá capacidade para abrigar até 24 mulheres, acompanhadas ou não de filhos pequenos.

29/09/2023

Por

Estudante da 5ª fase de Design, curiosa por natureza e apaixonada pelo que faz.

Mulheres vítimas de violência que precisam ser afastadas de suas residências, terão até meados de 2024 um local adequado para permanecer em segurança, em Jaraguá do Sul. A Casa Izabel, que está sendo construída em um terreno doado pelo Município, no bairro Jaraguá 99, para a Associação Beneficente Novo Amanhã, irá acolher mulheres vítimas de vários tipos de abusos. Quando for concluída, ela terá capacidade para abrigar até 24 mulheres, acompanhadas ou não de filhos pequenos.

O voluntário da Associação Beneficente Comunidade Terapêutica Novo Amanhã, Mateus Mantovani da Luz, participou da plenária da Câmara de Dirigentes Lojistas, na quarta-feira (27) para informar sobre os 25 anos da Nova Amanhã, completados este mês, como também pedir apoio da classe lojista para a construção e mobiliário da casa de acolhimento, de caráter regional.

Segundo Mateus, o funcionamento será no modelo de autogestão, onde os funcionários e voluntários atuam como orientadores. “A limpeza, organização, produção de alimentos e cuidados com a horta e os jardins, serão feitos pelas próprias acolhidas”, disse.

“A Casa Izabel terá como principal objetivo o acolhimento provisório para mulheres em situação de risco de morte ou ameaças em razão da violência doméstica e familiar, causadora de lesão, sofrimento físico, sexual, psicológico ou dano moral”, completou.

O vínculo à Associação Novo Amanhã, que trata de dependentes químicos masculinos, é que a entidade está legalizada e possui todos os documentos e isenções de entidades do gênero. “Jaraguá e região não tinham uma unidade de acolhimento para mulheres vítimas de violência e de abusos. Em poucos meses ela será uma realidade”, garante.

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVDigital

Notícias relacionadas

x