Especiais

Obras de infraestrutura trazem emprego e renda

Infraestrutura constrói qualidade de vida, saúde, desenvolvimento econômico e industrial para a cidade

25/07/2022

Por

Obras de infraestrutura trazem emprego e renda

DIVULGAÇÃO/PMJS

Asfalto; pontes; equipamentos de mobilidade urbana como sinalização e semáforos; redes de água e de saneamento básico; equipamentos urbanos de lazer e entretenimento como praças, parques e áreas esportivas; estruturas de atendimento à saúde e à educação; habitação… tudo isso e muito mais está associado à Infraestrutura de
qualquer cidade, área que pode ser considerada como transversal e fundamental para o desenvolvimento econômico e social de todo município.

Funciona mais ou menos assim. A contratação de obras de infraestrutura, como construção ou reforma de pontes, escolas, creches ou postos de saúde, por exemplo, traz aos munícipes benefícios que vão além daqueles da estrutura a ser construída em si. Muito antes de ser finalizada, a obra gera emprego e renda para os trabalhadores locais, especialmente para a construção civil. Esses, por sua vez, movimentam outros dois setores tão  importantes quanto o da construção civil para a economia local: o comércio e os serviços. Supermercados, cabeleireiros, materiais de construção, confeitarias e inúmeras outros. Esses, por sua vez, passam a ter demanda e receitas maiores, ampliam
seus negócios, contratam nova mão de obra, geram mais empregos e assim sucessivamente. Essa movimentação faz o dinheiro circular e constrói um ciclo virtuoso extremamente benéfico para a cidade. Por isso, sempre que se fala em
combater o desemprego e promover o desenvolvimento econômico, fala-se também em investir em obras públicas. Esse é o segredo para manter uma cidade em movimento, sem espaço para o ostracismo, a deterioração e a vulnerabilidade social.

E cidade em movimento é sinônimo de desenvolvimento econômico e de qualidade de vida para a população que nela vive. É por isso que o fato de Jaraguá do Sul ter 21% da sua receita investida em obras de Infraestrutura foi tão admirado pelos especialistas da Austin Rating ocupados do índice que delegou a nós o posto de melhor cidade de médio porte do Brasil. Outro, tão digno de reconhecimento quanto o primeiro, é a raridade com que prefeituras brasileiras conseguem realizar feitos semelhantes. Em muitas, a falta de cuidado ou de habilidade com a administração pública apequenam os orçamentos, tornando investimentos com recursos próprios quase que impossíveis.

Na outra ponta desse círculo de virtudes, o desenvolvimento econômico e social atrai outro importante desenvolvimento para o município: o industrial. E esse sim vai alimentar as receitas públicas, a partir dos impostos arrecadados, aumentando o orçamento e a possibilidade de investimentos públicos ainda maiores em outras esferas
da Administração, como Saúde, Assistências Social, Educação, Esporte, Cultura e Lazer. Afinal, grandes empresas buscam se instalar em cidades prósperas, onde há pessoas felizes e instruídas, capacitadas e preparadas para o mercado de trabalho e, principalmente, com condições de consumo.

Por fim, podemos concluir que investimentos em Infraestrutura culminam com maior qualidade de vida para a população que, por exemplo, passa a ter à disposição espaços de lazer, como parques, praças e áreas esportivas, e equipamentos públicos seguros e de qualidade, como pontes e escolas. É o que acontece em Jaraguá do Sul com espaços como o Parque Linear Via Verde, o Parque de Inovação e a Arena Jaraguá. Além de se tornarem convites para a adoção de hábitos de vida mais saudáveis, eles se tornaram os cartões postais mais amados pelos moradores da cidade, além de espaços públicos de fomento à economia, usados para a realização de atividades como feiras e eventos

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x