Nacional

Pandemia da Covid-19 reduz em 28% a quantidade de exames de diagnóstico do câncer

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), estimam-se que surjam 66.280 novos casos de câncer de mama no país, anualmente

22/10/2021

Por

Pandemia da Covid-19 reduz em 28% a quantidade de exames de diagnóstico do câncer

Reprodução

O Sistema Único de Saúde (SUS) apresentou, em 2020, uma redução no número de procedimentos de diagnóstico de câncer de mama, segundo o levantamento baseado em dados do DATASUS, desenvolvido pelo Instituto Avon em parceria com a organização de jornalismo de dados Gênero e Número. De acordo com o estudo realizado com o objetivo de mensurar o impacto da pandemia da Covid-19 no tratamento e diagnóstico do câncer de mama, o Brasil contabilizou 473 mil procedimentos de diagnóstico de câncer de mama a menos que em 2019 – o que representa uma queda de 28%.

O levantamento demonstra que o isolamento social, necessário para controlar a disseminação do coronavírus, afetou profundamente a rotina de rastreio do câncer de mama – o tipo de câncer mais diagnosticado no mundo e o segundo mais diagnosticado no Brasil. Em 2019, o Sistema Único de Saúde realizou 1,7 milhão de procedimentos de diagnóstico de câncer de mama no Brasil como, por exemplo, biópsias da mama. Em 2020, esse número caiu para 1,2 milhão. A quantidade de mamografias realizadas no primeiro ano da pandemia também apresentou um volume menor, com 1,8 milhão de exames em comparação aos 3 milhões realizados no ano anterior – gerando uma redução de 40% no total de procedimentos.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), estimam-se que surjam 66.280 novos casos de câncer de mama no país, anualmente, para o triênio 2020, 2021 e 2022. É de extrema urgência que as mulheres façam seus exames de rotina e sigam com o acompanhamento médico anual. Quando diagnosticado precocemente, as chances de cura para o câncer de mama são mais elevadas e há opções de tratamentos que podem ser avaliadas com a equipe multidisciplinar que deve acompanhar a paciente e sua família.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x