Jaraguá do Sul

Plano de Ação Frio Intenso mobiliza o serviço de assistência Social

O objetivo é atender pessoas em situação de rua durante o período de temperaturas mais baixas.

16/06/2023

Por

Estudante da 5ª fase de Design, curiosa por natureza e apaixonada pelo que faz.

Até o fim de agosto deste ano, equipes da Secretaria de Assistência Social e Habitação da Prefeitura de Jaraguá do Sul põem em prática o Plano de Ação Frio Intenso. O objetivo é atender pessoas em situação de rua durante o período de temperaturas mais baixas. A gerente da Média Complexidade da Secretaria, Daniele Giovanella, explica que o plano de ação foi estabelecido para ocorrer o período de 31 de maio a 30 de agosto. “mas nada impede, caso haja alguma situação climática extrema de ampliarmos este prazo”, argumenta.

Um dos procedimentos deste plano de ação é a busca ativa realizada por equipes do Serviço de Abordagem Social que vão a campo durante o período matutino e vespertino nos dias com previsão de tempo abaixo de 12 graus, ou de chuva intensa. “O objetivo da busca ativa é realizar o mapeamento do território, identificando a incidência de pessoas em situação de rua, sensibilizando os usuários para o perigo de permanecer sob temperaturas abaixo de 10 graus, visando a sua saída das ruas no período de temperaturas mais baixas, garantindo a sua segurança e bem-estar”, afirma Daniele. 

“No período noturno também costumamos solicitar apoio do cuidador da Casa de Passagem neste trabalho”, completa. O plano de ação da Assistência Social também conta com parceria da Polícia Militar e dos Bombeiros Voluntários. “Solicitamos apoio dos policiais quando estiverem efetuando suas rotinas e encontrarem pessoas em situação de rua que necessitem acolhimento para que comuniquem o Plantão da Abordagem Social, por meio do número 99930-1247, principalmente após as 22 horas”.

 

Abrigo Provisório e Creas abriram 22 vagas de emergência

 

Os bombeiros são acionados quando a pessoa abordada apresenta problemas como estar alcoolizado, ou apresentar alteração de consciência, entre outros problemas de saúde, para que a pessoa seja acolhida em ambiente hospitalar e, caso necessário, possa ser encaminhado, na sequência, para abrigo na Casa de Passagem, no bairro Chico de Paulo, ou para o Abrigo Provisório no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), no Nova Brasília.

Conforme a gerente de Alta Complexidade e responsável pelos Abrigos Institucionais da Secretaria de Assistência Social e Habitação da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Vane Duarte, foram abertas em caráter de emergência mais 12 vagas para pernoite na Casa de Passagem e mais 10 no Serviço de Abordagem do Creas.

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp

Notícias relacionadas

x