Colunas

Plaquinha de marca impressa em 3D: a manufatura aditiva sendo utilizada em pequenas marcas de moda

Venha ver como a tecnologia de impressão 3D têm sido utilizada na marca de roupas Lais Hornburg

31/03/2021

Por

Mestra em Design, Professora de Moda, influenciadora digital e fundadora da marca de roupas Lais Hornburg.

Plaquinha de marca impressa em 3D: a manufatura aditiva sendo utilizada em pequenas marcas de moda

Fala galera!

Você já parou para pensar como a indústria têxtil e de vestuário é poluente? Regularmente descartamos ou doamos roupas em perfeito estado apenas por saírem de moda (tendência), ou por um zíper que estraga, etc.

Pensado em minimizar um pouco dos diversos problemas que a moda gera no meio ambiente, eu desenvolvi uma pesquisa durante meu Mestrado Profissional em Design na Univille – Joinville, uma forma diferente de fabricar aviamentos (botões, ponteiras, plaquinhas, etc.) com a utilização da impressão 3D.

O benefício dessa tecnologia é que ela gera pouquíssimo resíduo sólido e você pode utilizar o material PLA, que é biodegradável por isso se decompõe na natureza mais rapidamente que outros plásticos, como o PET, por exemplo.

Porém, essa é uma tecnologia que ainda não está tão acessível, por isso o preço é mais alto para a fabricação, mas vale colocar na balança o custo x benefício. Para uma marca de roupas pequena, por exemplo, é possível fazer aviamentos personalizados com o logotipo em pouca quantidade, já que não possui pedido mínimo, você pode fabricar exatamente a quantidade que precisa.

Mas como funciona para você também imprimir em 3D? O processo é o seguinte:

  1. Você esboça o que você quer imprimir, não precisa ser só coisas da área de moda, é possível imprimir o que quiser, as possibilidades são bastante amplas;
  2. Depois você desenha seu projeto em um software 3D como, por exemplo, o Solid Works, ao terminar é necessário salvar em formato STL, para que o software da impressora 3D possa ler o arquivo;
  3. Na sequência é preciso escolher em qual material você quer imprimir e ai fazer alguns testes de impressão para ver se está ficando como você deseja;
  4. Aí sim, você pode definir a quantidade de peças e imprimir seus produtos;
  5. É importante também verificar se as peças não precisam de nenhum acabamento manual, as vezes é necessário lixar rebarbas e também é possível fazer detalhes artísticos com pintura.

Entendo que pode ser complicado fazer algumas dessas atividades, por isso vou indicar um profissional fera nessa área que é o Motta, segue o Instagram dele caso queira tirar suas dúvidas sobre o assunto @letrim_3D

Se quiser conhecer mais sobre a marca de roupas citada, siga o instagram @laishornburg_

 

Se você achou esse conteúdo útil, nos ajude compartilhando no seu Facebook, o ícone se encontra no final da página 🙂

Beijos da prof Lais Hornburg :*

para mais informações instabio.cc/LaisEH
 
 
Leia Mais:

Notícias relacionadas

x