Colunas

Política e Políticos –  Novo amplia alianças

Celso Machado comenta os principais acontecimentos da política catarinense

21/11/2023

Por

Nascido em Blumenau, 72 anos, 57 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul)

Política e Políticos –  Formalizada (em documento) a aliança com o PSD, garantindo apoio à reeleição da chapa pura eleita em 2020, o prefeito de Joinville, Adriano Silva, admite que o Novo mantém tratativas com outros quatro partidos.

Entre eles, o Republicanos, que não tem vereador ou deputados.

Até então o Novo não admitia coligação com partidos que usavam o fundo eleitoral. Mas quebrou a regra e o discurso e também vai usar o rico dinheirinho dos contribuintes a partir de 2024.

 

política

Política e Políticos –  Novo amplia alianças –

Adriano x Mello

Tudo para enfrentar o PL de Jorginho Mello, ainda sem nome definido e que em 2020 não lançou candidato entre os 15 que disputaram a prefeitura. O embate nas urnas deve ser protagonizado entre Silva, que fez 145.269 votos, e Mello, que em 2022 faturou 259.534 votos em Joinville. Com apoio público de Silva, diga-se. O que se vai ver, agora, é o quanto pesou o apoio do prefeito ao governador eleito no ano passado.

 

 

Política e Políticos –   CURTAS

*Narizes torcidos em Brasília por conta de duas falas do governador Jorginho Mello (PL). Uma delas sobre a doação, pelo Estado (até agora) de 9 mil cestas básicas para populações indígenas. Afinal, o governo tem o Ministério dos Povos Originários, criado exclusivamente para cuidar dessa população.

*Também não agradou o pedido de devolução dos R$ 465 milhões liberados pelo ex-governador Carlos Moisés (Republicanos) para obras em rodovias federais. Mello quer usar na reconstrução do que foi destruído pelas enchentes. O prejuízo passa fácil dos R$ 2,5 bilhões.

*Em Brasília entenderam que Mello está “misturando as coisas (?)”. A garantia, para SC, é de repasse de R$ 70 milhões, dos quais R$ 20 já foram liberados. O restante fica por conta da infernal burocracia e não tem data. Então, vai esperando!

*Ana Schuster, ex-noiva do deputado federal Zé Trovão (PL/Joinville), acusa o parlamentar de agressão física e ameaça de morte por três vezes.  O deputado desmente e diz que ela é quem insistia em reatar o relacionamento e que, diante da negativa dele, o agrediu. Uma medida protetiva obrigou o deputado a deixar a casa onde vivia com Ana.

*Vereador Fábio Luiz Fernandes Castelo Guedes (PL/Itajaí) foi preso por policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado. É acusado de exigir parte dos salários de assessores e suspeito de desviar verbas públicas de um projeto social.

*Um grupo de trabalho, liderado pelos governadores Jorginho Mello (PL), e Carlos Massa Ratinho Junior (PSD/Paraná) vai estudar formas de minimizar efeitos das cheias do Rio Iguaçu que afetam municípios de Porto União e União da Vitória, ambos na divisa de Santa Catarina com o Paraná no Planalto Norte.

 

 

política

Política e Políticos

Política e Políticos –   ICMS sobre alimentos

“O governador anunciou que não haverá aumento de impostos, mas na prática o que vemos é um comportamento absolutamente passivo do Estado, que não apresentou até agora nenhuma medida para manter a carga tributária diferenciada para os itens da cesta básica e os alimentos vendidos em bares e restaurantes”. O alerta é do deputado Napoleão Bernardes (PSD/Blumenau).

 

Política e Políticos –   Peso na cesta básica

Se não houver prorrogação destes incentivos (que vencem em 31 de dezembro) o ICMS cobrado na venda dos 23 itens que compõem a cesta básica, entre eles arroz, feijão, leite, carne e pão, aumentarão, em média, 41%. “Uma punição, sobretudo, aos cidadãos de renda mais baixa, verdadeiro presente grego na virada do ano”, lamentou Bernardes.

 

 

Política e Políticos –   VIA BRASIL

* A bancada negra da Câmara dos Deputados quer votar, ainda nesta semana, um projeto de lei que unifica o feriado do Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, em todo o Brasil. O feriado já existe em seis estados: Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Rio de Janeiro e São Paulo. Curiosamente, na Bahia, Minas Gerais e Pará, com populações de negros próximas a 80%, não é feriado.

* O Senado Federal encerrou ontem (21) o prazo regimental de cinco sessões de discussões da Proposta de Emenda à Constituição que limita poderes do Supremo Tribunal Federal. A favor já declararam votos os senadores Esperidião Amin (PP), relator da PEC, e Jorge Seif (PL). A senadora Ivete Appel da Silveira (MDB) ainda não se manifestou.

* Para uma emenda à Constituição ser aprovada, é necessária a votação em dois turnos com o apoio mínimo de 49 senadores em cada um deles. Depois, o texto segue para a Câmara, onde também precisa ser votado em dois turnos.

* A Câmara dos Deputados já tem ao menos 10 projetos de lei protocolados desde sábado (18) que tratam sobre a oferta de água em shows e outros eventos. Isso após a morte de Ana Clara Benevides, de 23 anos, no show da cantora americana Taylor Swift no dia 17. Onde a entrada com água era proibida.

 

política

Política e Políticos

Política e Políticos –   Cemitérios lotados

“Precisamos urgentemente de um projeto para um novo local. Isso é para ontem. Já pedi ao prefeito Osvaldo (Devigili) um projeto e que se implante um novo cemitério em Guaramirim”. O alerta é do vereador e presidente da Câmara, Matias Tomczak (União Brasil), alertando para a gravidade da situação já que os dois cemitérios do município já estão sem espaços para atender a demanda de sepultamentos. O quadro não é muito diferente em Jaraguá do Sul.

 

política

Saiba mais: Política e Políticos – Escolas monitoradas em 2024 

 

 

Leia também>>> Comunidade se une em ação solidária para apoiar Lucas Hioan em 2023

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVonline

Notícias relacionadas

x