Segurança

Prefeito e vice de Canoinhas são presos na sétima fase da operação “Et Pater Filium” do MPSC

De acordo com o MPSC, a operação cumpre 14 mandados de prisão e 47 mandados de busca e apreensão

29/03/2022

Por

O prefeito, Gilberto dos Passos (PSD), e o vice-prefeito, Renato Gurtinski (PL), de Canoinhas foram presos na manhã desta terça-feira (29), durante a sétima fase da operação “Et Pater Filium”, coordenada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

De acordo com o MPSC, a operação cumpre 14 mandados de prisão e 47 mandados de busca e apreensão em quatro cidades no Norte de Santa Catarina e uma no Paraná. 

O Ministério Público não informou os motivos das prisões. Em nota enviada ao G1 SC, a prefeitura disse que o presidente da Câmara de Vereadores, Willian Godoy (PSD), assumiu interinamente o município na manhã desta terça “a fim de garantir a continuidade dos serviços públicos municipais”. 

“O município não vai se manifestar oficialmente sobre as investigações, pois correm em segredo de Justiça”, diz a nota. 

Na sétima fase da operação, são investigados os crimes de organização criminosa, peculato, fraudes à licitação, corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo contratos de prestação de serviços nas áreas de educação e infraestrutura.

Segundo o MPSC, são oito mandados de prisão preventiva e seis de prisão temporária. Os mandados foram deferidos pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em razão da prerrogativa de foro de um dos investigados. Os documentos e objetos apreendidos serão analisados pelas equipes de investigação e apresentados em juízo.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

 

Notícias relacionadas

x