Tecnologia

Quais as opções para a mobilidade urbana pós pandemia? Confira algumas opções

Neste artigo o advogado Gustavo Pacher discute algumas possibilidades para mobilidade urbana pós coronavirus

21/08/2020

Por

Quais as opções para a mobilidade urbana pós pandemia? Confira algumas opções

O velho modelo de mobilidade está ultrapassado há muito tempo… Cada um com seu carro e o antigo ônibus segue sendo a nossa única opção para o transporte coletivo! Sem ar condicionado, sem acompanhamento de horários on line, sem integração com bicicleta ou outros modais… Enfim, pouca tecnologia e alto custo para o usuário e sociedade.
Isso não faz mais sentido, e a pandemia nos provoca a repensar essa realidade!

Muitos gostariam de rever seus hábitos, mas para que isso aconteça precisamos da participação da população, incentivo do poder público e ajuda da iniciativa privada.
Utilizar formas alternativas de transporte precisa se tornar regra… Eu e você precisamos querer utilizar o sistema e dispensar o automóvel próprio… Mas isso somente será possível quando houverem vantagens para isso….

Leia mais:

Fim de semana terá quatro unidades de saúde no plantão covid em Jaraguá

Onda de frio intenso já começa a atingir vários estados do Brasil

Primeira etapa da pesquisa de incidência de covid testou 659 pessoas

 

É necessário criar praticidade, confiabilidade no sistema e economia para o usuário… Isso só é possível rompendo com o velho modelo, e incorporando tecnologias e práticas que já são adotadas há muito tempo em outras partes do país e do mundo.

Precisam ser requisitos do novo sistema: Pontualidade, conforto, economia, tecnologia, agilidade, integração de modais, sustentabilidade e etc…

Outras possibilidades e funcionalidades também precisam ser discutidas e/ou estimuladas, como por exemplo a adoção de mini terminais, local para guardar bicicletas nesses locais, integração tecnológica do sistema com transporte coletivo, adoção ônibus elétrico (talvez com tarifa grátis em algumas linhas), integração com van´s e sistemas de aplicativos, dentre outras possibilidades.

Seria viável? Que tal nós todos discutirmos essa NOVA NORMALIDADE?
O que você pensa sobre isso?

Notícias relacionadas

x