Saúde

Saúde de Massaranduba ganha investimentos de R$ 4,1 milhões acima do exigido

O Município de Massaranduba cumpriu as metas estabelecidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal em 2021

16/03/2022

Por

O Município de Massaranduba cumpriu as metas estabelecidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal em 2021, segundo os dados repassados durante audiência pública do 3º quadrimestre, que deu, também, os valores acumulados do ano. As receitas totais alcançaram R$ 74.110.064.41, diante de uma previsão orçamentária de R$ 60.540,00, superando em 22,49% o previsto.

As despesas liquidadas totalizaram R$ 65.496.666.58, para um orçamento inicial de R$ 60.540,00, ou seja, superou 8,19%. As despesas com pessoal, calculado sobre as receitas correntes (R$ 68,1 milhões) alcançaram R$ 27.014.220,51, ou 39,63% de comprometendo, contra 42,83% e 45,99% dos anos anteriores.

Isso mostra que o Município está gastando abaixo do que legalmente poderia gastar com o pagamento do pessoal. Na saúde, sobre as receitas de impostos e transferências, que foram R$ 46.027.873,43, o Município tem obrigação mínima de investir 15%, mas a municipalidade investiu R$ 11.085.784,01, ou R$ 4.181.603,00 a mais, alcançando o índice de 24,8%.

A educação aplicou R$ 12.011.080,51 (25,74%) sobre as receitas de impostos e transferências. O mínimo é 25%. A meta foi superada. Pelo investimento na educação e total de alunos, cada um custou por ano, para o Município, de R$ 11.307,87 (pré-escola), R$ 9.431,11 (da creche), R$ 8.426,33 (ensino fundamental), R$ 7.860,41 (educação especial) e R$ 2.931,37 (educação de jovens e adultos).

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x