Economia

Técnicos mostram investimentos feitos na eficientização energética na ETA de Guaramirim

O número é considerado alto por conta dos novos loteamentos que estão sendo implantados, obrigando o Município a oferecer a infraestrutura de saneamento

04/08/2021

Por

Técnicos mostram investimentos feitos na eficientização energética na ETA de Guaramirim

A Estação de Tratamento (ETA) da Águas de Guaramirim passou por adequações nas instalações civis, elétricas e hidráulicas, com renovação da estrutura para a melhoria da sua eficiência, investimento de R$ 1 milhão 167 mil de recursos próprios. Na sexta-feira, a EBS – Empresa Brasileira de Saneamento, contratada pela Prefeitura de Guaramirim para a operação do sistema de água detalhou os investimentos feitos na ETA 1 que tem capacidade de produção de 110 litros por segundo e na ETA 2, com 50 litros por segundo.

Leia mais: 

O prefeito Luís Antônio Chiodini e parte da equipe de governo acompanharam a apresentação. A Águas de Guaramirim conta com 12 mil ligações e no período de junho de 2020 a junho de 2021, foram 1.041 ligações novas e aumento de consumo de água de 24.984 metros cúbicos/mês.

O número é considerado alto por conta dos novos loteamentos que estão sendo implantados, obrigando o Município a oferecer a infraestrutura de saneamento. A eficientização energética feita na Águas de Guaramirim envolveu uma série de investimentos, como troca de motobombas, melhorias na captação e tratamento, troca de painéis elétricos, entre outros.

Hoje é possível fazer o controle remotamente. Segundo os técnicos da EBS, os investimentos dessa etapa permitiram a confiabilidade no sistema, segurança operacional e facilidade na operação do sistema. Houve ganhos no custo por metro cúbico de água tratada com as adequações feitas.

A ETA carece ainda de outros investimentos que foram sugeridos para o governo municipal, entre eles um gerador para evitar problemas de pane elétrica no sistema público (da distribuidora Celesc), causado por fatores naturais ou provocado por acidentes de trânsito, como o ocorrido recentemente, com a quebra de um poste em frente da estação.

 

Investimentos na ETA e na reservação superam R$ 3 milhões

 

A Prefeitura e a Águas de Guaramirim realizaram ontem (3) a interligação da rede de água do novo reservatório da Corticeira, o que obrigou na interrupção da distribuição, afetando diretamente as regiões da Corticeira, Corticeirinha e Quati. A nova estrutura passa por testes de verificação quanto a vazamentos e operação durante 10 dias e, posteriormente entrará em operação definitiva.

O novo reservatório que fica no conhecido “Morro da Weg Química”, às margens da BR-280, tem capacidade para armazenar 750 mil litros de água. Somado ao reservatório atual de 250 m3, haverá capacidade para armazenar 1 milhão de litros para atender a demanda das localidades daquela região.

O valor investido é de cerca de R$ 792,9 mil. Outro investimento está sendo feito com a construção do segundo reservatório no bairro Nova Esperança, de um milhão de litros de capacidade estática, investimentos de R$ 1 milhão 192 mil. As obras estão adiantadas e devem ficar prontas antes do verão, segundo o prefeito Luís Antônio Chiodini.

Conforme declarou, somando o programa de eficientização energética junto a ETA 1 e ETA 2 e a construção dos dois reservatórios que aumentarão em 1.750 mil litros a reservação, os investimentos superarão os R$ 3 milhões de recursos próprios este ano.

“Os investimentos são necessários para atender à crescente demanda e garantir a segurança hídrica para os consumidores tradicionais, como também os novos loteamentos e ligações individuais que diariamente são solicitadas à Águas de Guaramirim”, observou.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x