Sem categoria

Teste de DNA liga mulher à vítima de assassinato ocorrido há 36 anos; saiba mais

O DNA de ambas eram compatíveis

23/02/2023

Por

Uma tiktoker dos Estados Unidos, chamada Jacqueline Vandurro, compartilhou em seu perfil, uma situação “estranha”, que foi evolvida durante uma investigação. A moça, revelou que, ao fazer um teste de DNA, foi associada a uma vítima de um assassinato, que ocorreu há 36 anos.

No exame realizado, Jacque buscava saber se sua saúde estava fragilizada em algum sentido, mas a grande descoberta aconteceu quando soube que é prima de segundo ou terceiro grau de uma mulher assassinada em 1986. Segundo a tiktoker, ela estava almoçando quando recebeu a ligação de um detetive contando sobre o caso. O investigador disse ainda que não possuem informações maiores sobre a vítima, mas que o DNA de ambas são compatíveis.

O caso não havia sido solucionado e o desaparecimento não foi reportado. Para descobrir maiores detalhes, a mãe de Jacque topou entrar nessa e realizou também um exame, que levou os investigadores a constatarem que a mulher assassinada fazia parte da família materna da Tiktoker.

Por fim, as autoridades descobriram como a vítima morreu e acreditam que ela era filha ilegítima do bisavô da mãe de Jacque.

“Eles disseram que ela levou um tiro no peito”, disse Vadurro. “Eles não acham que ela era uma prostituta, porque estava bem vestida, com saia e sandálias bonitas. Estou feliz por poder trazer a história dela à tona e espero [ajudar] a pegar a pessoa horrível que a matou.”

Jacqueline Vandurro, via Tiktok.

@hittheroadjackie

Living in my own Dateline episode… wait until you hear the results!!??? #coldcase #coldcasefiles #dateline #fyp #truecrime #23andme #dnatest

♬ original sound – Jacquleine Vadurro

 

Conteúdo original publicado por SCC10

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVDigital

Notícias relacionadas

x