Saúde

Universidade de Oxford vai estudar efeitos de variantes da covid-19 na gravidez

De acordo com os pesquisadores, o estudo visa preencher lacunas, incluindo os efeitos de novas variantes do vírus, como a Ômicron

16/02/2022

Por

Os efeitos das novas variantes do novo coronavírus em mulheres grávidas e recém-nascidos serão avaliados pelos cientistas da Universidade de Oxford.

Anunciado ontem (15), o estudo será feito menos de um ano depois que a universidade concluiu que mulheres grávidas com covid-19 e seus filhos recém-nascidos enfrentavam maiores riscos de complicações, como parto prematuro e risco de falência de órgãos, do que se sabia anteriormente.

De acordo com os pesquisadores, o estudo visa preencher lacunas, incluindo os efeitos de novas variantes do vírus, como a Ômicron, em um grupo de alto risco que registrou taxas baixas alarmantes de vacinação.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x