Economia

Vicente Donini recebe comenda nacional da indústria em outubro

Criada em 2000, a Ordem do Mérito Industrial de SC reconhece personalidades ou organizações que tenham contribuído para o desenvolvimento da indústria

21/09/2021

Por

Vicente Donini recebe comenda nacional da indústria em outubro

Arquivo JDV

A Federação das Indústrias (FIESC) anunciou na sexta-feira (17), que entregará a Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina durante solenidade marcada para o dia 22 de outubro, em Florianópolis. A cerimônia havia sido adiada em função da pandemia, e será realizada com rigorosa observação dos protocolos de segurança e número limitado de participantes.

Serão condecorados os industriais Fernando Cestari de Rizzo (Tupy, de Joinville), Gelson Dalla Costa (Apti Alimentos, de Chapecó), Júlio André Ruas Tedesco (in memoriam – Grupo Tedesco, de Balneário Camboriú), Sirivaldo José Barbieri (Pioneiro Baterias, de Água Doce), Salézio José Martins (Grupo Kyly, de Pomerode), Ricardo Minatto Brandão (Brametal, de Criciúma), além de Vicente Donini, do Grupo Marisol, de Jaraguá do Sul, que receberá a comenda nacional, da CNI.

Criada em 2000, a Ordem do Mérito Industrial de SC reconhece personalidades ou organizações que tenham contribuído para o desenvolvimento da indústria.

“São empresários merecedores desta distinção pela história que têm, pelos negócios que criaram e pelo envolvimento com a comunidade, pelos empregos e pelo desenvolvimento que geram. Vamos entregar a honraria a esses industriais com muito orgulho”, disse o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar.

Vicente Donini receberá a Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria.

O empresário fez da Marisol uma das maiores empresas do mercado de moda infantil, com unidades industriais em Santa Catarina e no Ceará, nas quais emprega cerca de 2,4 mil colaboradores. Em 2008, Donini passou a fazer parte do Conselho de Administração da companhia e já recebeu mais de 30 premiações e reconhecimentos públicos e privados.

Nas áreas de educação e cultura, tem prestado significativas contribuições, também como voluntário. O industrial também se dedica à produção de vinhos de altitude, como proprietário da Casa Vivalti, em São Joaquim.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x