Saúde

Vigilância Epidemiológica coleta material para análise de febre amarela de macaco encontrado morto em Schroeder

A Vigilância Epidemiológica ressalta que o macaco não transmite a febre amarela

16/11/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Vigilância Epidemiológica coleta material para análise de febre amarela de macaco encontrado morto em Schroeder

Divulgação/PMS

Mais um macaco foi encontrado morto em Schroeder neste domingo (14). O material foi coletado pela Vigilância Epidemiológica municipal e encaminhado para análise de febre amarela. 

De acordo com a enfermeira e coordenadora da vigilância, Cristiane de Lima Pacheco, o animal foi localizado na rua Presidente Costa e Silva. 

“O macaco estava com um ferimento na cauda e não resistiu”, relata. 

Segundo Cristiane, o procedimento agora é verificar, em um raio de 300 metros do local da ocorrência, se todos os moradores têm a vacina contra a febre amarela e, quem não tem, a vigilância afirma que vai aplicar. 

No final de junho, um macaco foi encontrado no bairro Braço do Sul e aparentava estar morto há mais de 24 horas, impossibilitando a coleta de material para análise. 

A Vigilância Epidemiológica ressalta que o macaco não transmite a febre amarela. A doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

Notícias relacionadas

x