Colunas

Você sabe o que é Anarquismo?

Defende a liberdade e responsabilidade individual, sem o controle de um Estado instituído ou ser comandado por representantes. No pensamento anarquistas, você é responsável por você.

20/10/2021

Por

Professor Pesquisador, Mestre em Educação, Especialista em Planejamento Educacional e Docência do Ensino Superior, Historiador e Pedagogo. Entusiasta da Educação

Você sabe o que é Anarquismo?

O que é Anarquismos?

A palavra “anarquismo” tem origem na palavra grega anarkhia, que significa “ausência de governo”. O anarquismo é uma corrente de pensamento, uma teoria e ideologia política que não acredita em nenhuma forma de dominação – inclusive a do Estado sobre a população – ou de hierarquia e prega a cultura da autogestão e da coletividade.

Sua Origem

O anarquismo surge no século XIX, proposto pelo filósofo e político inglês William Godwin (1756-1836), que sugere um novo sistema político e econômico distinto do capitalista liberal que imperava desde a Revolução Industrial. Para Godwin, a sociedade poderia viver sem as leis e restrições de um governo. Para alcançar este objetivo, propunha o fim da propriedade privada e da divisão de classes sociais.

Teoria e Ideologia Política

Essa ideologia defende a:

  • liberdade individual e coletiva, para o desenvolvimento de pensamento crítico e todas as capacidades individuais das pessoas;
  • igualdade – em termos econômicos, políticos e sociais, valor que inclui questões de gênero e raça;
  • solidariedade – a teoria anarquista só tem sentido se há entre as pessoas apoio mútuo, com colaboração e espírito de coletividade.

Diferença com o comunismo

Embora sejam anticapitalistas e antiliberais, o anarquismo e o comunismo são sistemas bastante diferentes.

O anarquismo prega ausência do Estado, a eliminação de qualquer ordem hierárquica e defende organizações libertárias.

Já o comunismo é um sistema econômico em que não há classes, a propriedade é comum, mas administrada por um governo formado pelos trabalhadores. No anarquismo, porém, a ausência do governo é total.

Sua crítica

O anarquismo critica principalmente exploração econômica do sistema capitalista e o que chama de dominação político-burocrática e da coação física do Estado. Os anarquistas não buscam uma revolução política, mas uma revolução social, que parta da maioria da população, dos trabalhadores, da classe que sofre alguma forma de dominação. Sua ideia principal é a horizontalidade: um território em que não exista Estado, nem hierarquia e em que a população faça a autogestão da vida coletiva.

Notícias relacionadas

x