Colunas

Coluna: Sal de ervas

Os brasileiros consomem 2 vezes mais a quantidade de sal recomendada. Vamos aprender uma receita para diminuir o consumo de sal.

Nutricionista (CRN10 8435)

Coluna: Sal de ervas

Na semana passada falei sobre a hipertensão e como a alimentação pode auxiliar na melhora ou piora da doença. Uma das maiores dificuldades que o hipertenso tem é diminuir o consumo de sal. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo de apenas 5 gramas de cloreto de sódio (sal de cozinha) por dia. No entanto, o brasileiro, devido ao consumo exagerado de sal e alimentos processados e ultraprocessados, consome, em média, mais que o dobro permitido, aproximadamente 12 gramas por dia.

Uma estratégia é o Sal de ervas. O sal de ervas tem como objetivo reduzir a adição de sal, além de deixar a comida com mais sabor, já que tem a combinação de várias ervar aromáticas.

As ervas aromáticas têm vários benefícios, dentre eles são fontes de vitaminas como do complexo B, vitamina A vitamina C, vitamina K, minerais como ferro, cálcio e magnésio. Além disso, tem função anti-inflamatório, antioxidante, diurética e digestivas.

E como fazer o sal de ervas? Você pode misturar:

  • ½ xícara de sal grosso ou sal fino
  • 1 xícara de alecrim
  • 1 xícara de orégano
  • 1 xícara de manjericão
  • 1 xícara de salsinha.

Lembre-se de usar os temperos desidratados. Misture tudo e guarde em um recipiente bem fechado. Utilize essa misturinha para fazer suas receitas.

Para maiores informações entre em contato através do e-mail: fernandasilvestri@hotmail.com

Atenção: esse conteúdo é de caráter informativo. Isso não substitui um acompanhamento com profissional Nutricionista.

Notícias relacionadas

x