Esportes

Com clima desgastado, Renato Gaúcho deixa comando do Flamengo

Independentemente do resultado na decisão, a permanência do treinador para 2022 já estava em xeque

29/11/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Com clima desgastado, Renato Gaúcho deixa comando do Flamengo

Reuters/Agustin Marcarian

A expectativa foi confirmada: Renato Gaúcho não é mais técnico do Flamengo. A decisão foi tomada pela diretoria nesta segunda-feira (29), após conversa com o treinador. 

A saída acontece depois da perda do título da Libertadores para o Palmeiras no último sábado, em Montevidéu, no Uruguai. 

O Clube de Regatas do Flamengo informa que, após conversa entre as partes, o técnico Renato Gaúcho não comanda mais o time principal – publicou o clube nas redes sociais.

Com contrato até o fim do ano, Renato já não seguiria no clube em 2022 por opção da diretoria e do próprio treinador e por não haver mais clima diante do trabalho e dos resultados. 

Restava a decisão da ruptura imediata ou ao término do Brasileirão. Pela questão da logística de voltar no mesmo voo e do luto pela derrota, a diretoria do Flamengo evitou bater o martelo na capital uruguaia.

Independentemente do resultado na decisão, a permanência do treinador para 2022 já estava em xeque, fosse pelo trabalho que não é bem avaliado internamente, fosse por atitudes no dia a dia que irritam jogadores. 

Terça-feira, dia do empate com o Grêmio, por exemplo, Renato não foi ao CT do próprio clube gaúcho dar treino para os titulares, o que causou irritação.

Ao todo, Renato comandou o Rubro-Negro em 38 jogos, com 25 vitórias, 8 empates e 5 derrotas, um aproveitamento de 72,8%.

Nesta terça-feira (30), o Flamengo joga contra o Ceará pelo campeonato Brasileiro. A partida será às 20 horas no Maracanã. O time deve ser treinado pelo auxiliar técnico até o final do campeonato. 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x