Variedades

CONHEÇA O PEIXE QUE MUDA DE COR QUANDO FICA COM RAIVA

Saiba mais:

31/01/2024

Por

Estudante da 5ª fase de Design, curiosa por natureza e apaixonada pelo que faz.

No vasto reino subaquático, a vida marinha revela constantemente surpreendentes adaptações e estratégias de sobrevivência. Um exemplo cativante dessa maravilha é encontrado em pequenos peixes machos da Indonésia, conhecidos como Celebes medaka (Oryzias celebensis).

CONHEÇA O PEIXE QUE MUDA DE COR QUANDO FICA COM RAIVA

 

Cientistas do BioRxiv recentemente descobriram que esses peixes apresentam uma mudança de cor peculiar durante períodos de agressão, revelando um intrigante mecanismo de sinalização de domínio.

 

Sinalização de domínio

Machos de Oryzias celebensis com manchas enegrecidas (a) e sem manchas (b). Cronograma para os ensaios comportamentais (c) e número de ataques nas diferentes condições experimentais (d). (Fonte: BioRxiv/Reprodução)  

 

 

Machos de Oryzias celebensis com manchas enegrecidas (a) e sem manchas (b). Cronograma para os ensaios comportamentais (c) e número de ataques nas diferentes condições experimentais (d). (Fonte: BioRxiv/Reprodução)

 

 

Os machos medaka exibem marcas pretas distintas durante períodos de maior agressão, revelando um fenômeno rápido que ocorre um minuto após o início de um conflito.

 

Essas marcas desempenham um papel crucial na sinalização de domínio para outros peixes, tornando os machos com essas características menos propensos a serem atacados e mais inclinados a atacar.

 

Estudos realizados em tanques cobertos de algas indicam que a presença de cobertura pode influenciar a agressividade dos peixes, sugerindo que a segurança desempenha um papel importante na decisão de lançar um ataque. Os machos com marcas escuras direcionam seus ataques principalmente a outros machos dominantes que apresentam características semelhantes.

 

Surpreendentemente, eles também atacam fêmeas e machos sem as marcas escuras.

 

Por outro lado, machos sem essas marcas raramente atacam machos com as marcas escuras, mas mostram agressividade em relação a outros machos sem marcas e fêmeas.

 

As fêmeas, por sua vez, concentram seus ataques principalmente nos machos sem marcas escuras. Esses padrões de comportamento sugerem que a demonstração de domínio pode estar mais relacionada ao acesso a território e recursos do que aos direitos de acasalamento.

 

Mudança de cor como indicativo de aptidão física

 

Oryzias celebensis. (Fonte: Universidade Airlangga/Reprodução)  

Oryzias celebensis. (Fonte: Universidade Airlangga/Reprodução)

 

 

Os cientistas especulam que as marcas escuras podem ser um sinal de aptidão física, indicando que machos e fêmeas sem essas marcas podem ser menos propensos a se envolver em disputas prolongadas.

 

Além disso, a presença dessas marcas permite que os machos dominantes economizem energia na defesa de seus recursos, graças a um eficiente sistema de alerta.

 

Embora a análise dos mecanismos por trás da mudança de cor ainda esteja pendente, outras espécies de peixes indicam que neurotransmissores desempenham um papel crucial nesse processo.

 

Na vastidão dos oceanos, a mudança de cor em peixes revela-se como um intrigante meio de comunicação e domínio. Os machos medaka da Indonésia, com suas marcantes marcas pretas, oferecem um vislumbre fascinante desse fenômeno.

 

A compreensão desses mecanismos não apenas enriquece nosso conhecimento sobre a vida marinha, mas também destaca a complexidade das estratégias de sobrevivência que evoluíram ao longo das eras. A natureza, sempre surpreendente, continua a revelar seus segredos, convidando-nos a explorar e apreciar a diversidade extraordinária que habita as águas do nosso planeta.

 

Fonte: megacurioso

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVonline

Notícias relacionadas

x