Brasil

INTENSA INSTABILIDADE NO SUL DO BRASIL COMEÇA COM GRANIZO GRANDE

Episódio de instabilidade que vai durar vários dias no Sul do Brasil já começou com granizo no Oeste catarinense

10/07/2023

Por

O período de enorme instabilidade no Sul do Brasil, que a MetSul alerta vai até sexta-feira e terá o seu pico de intensidade entre quarta e a quinta-feira com a atuação de um enorme ciclone extratropical, começou neste domingo com temporal de granizo com pedras de tamanhos de ovos no Oeste de Santa Catarina.

 

O temporal atingiu o município catarinense de Iraceminha, no extremo Oeste catarinense. O diâmetro do granizo variou na localidade, mas em Linha Moroé moradores registraram em vídeos pedras de gelo que que descreveram ter até tamanhos de ovos. De acordo com a Defesa Civil de Santa Catarina, o granizo atingiu ainda o município de Maravilha, onde choveu 32 mm em apenas uma hora.

O potencial para temporais no Oeste catarinense já era esperado na segunda metade deste domingo à medida que áreas de instabilidade avançam do Paraná para Santa Catarina e o Norte do Rio Grande do Sul, onde se formará uma frente quente neste começo da semana com chuva forte e temporais isolados.

Imagem de satélite da tarde de hoje mostrava fortes núcleos isolados de instabilidade com temporais  e raios (pontos vermelhos) no Oeste de Santa Catarina, acompanhando a instabilidade que se desloca de Norte para Sul, impulsionada por uma massa de ar mais quente.

O Sul do Brasil terá condições favoráveis à formação de temporais isolados por dias seguidos com possibilidade de chuva localmente forte, raios, queda de granizo e rajadas de vento forte isoladas. O período mais favorável a tempo severo isolado vai entre esta segunda e a quinta.

Inicialmente, áreas de instabilidade avançam do Paraná para Santa Catarina e a Metade Norte do Rio Grande do Sul nesta segunda como uma frente quente. As mesmas regiões seguem sob a influência do sistema que passa a semi-estacionário sobre Santa Catarina, o Noroeste e Norte gaúcho na terça, intensificando-se.

Na quarta, com o aprofundamento de uma área de baixa pressão sobre o Sul do país, a instabilidade será mais generalizada sobre o Rio Grande do Sul e atinge ainda o Oeste do Paraná e o Oeste e Meio-Oeste catarinense. Na quinta, uma frente fria associada a um ciclone avança por Santa Catarina e o Paraná no sentido Leste com chuva e temporais isolados.

O sistema frontal entre o Norte do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, antes da formação do ciclone, vai estar dividindo ar mais frio ao Sul e quente ao Norte, condição que favorecerá não apenas chuva forte, mas também temporais isolados.

Não bastasse, haverá ainda uma forte corrente de jato (vento) em baixos níveis da atmosfera, originada na Bolívia, transportando ar quente de origem tropical para o Sul do Brasil e intensificando a instabilidade, o que agrava o risco de temporais.

 

Fonte: Metsul

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVDigital

Notícias relacionadas

x