Política

Regionalização da saúde é legado do governo Moisés na pandemia

O governador do Estado, Carlos Moisés, participou no dia 2 da abertura dos trabalhos legislativos e fez a leitura da mensagem anual do Executivo

04/02/2021

Por

Regionalização da saúde é legado do governo Moisés na pandemia

O governador do Estado, Carlos Moisés, participou no dia 2 da abertura dos trabalhos legislativos e fez a leitura da mensagem anual do Executivo.

O deputado Vicente Caropreso acompanhou o ato e destacou três pontos fortes do discurso: o destaque dado à obra de duplicação do trecho urbano da BR-280 entre Jaraguá do Sul e Guaramirim; o fato de Santa Catarina ter sido o Estado que mais gerou empregos em 2020, com saldo positivo de 53 mil novos postos de trabalho e, a descentralização e a regionalização da saúde.

Leia mais:

“Nesta crise sem precedentes, assistimos a uma integração muito grande entre os agentes públicos municipais e estaduais e a rede de hospitais filantrópicos. O termo regionalização da saúde se consolidou, algo estruturado na base do diálogo e na ciência. Foram descentralizadas muitas ações, tivemos a ampliação dos leitos de UTI, contratação de equipes médicas, ampliação do repasse de recursos. Esse é grande legado do governo até o momento, com reflexo na menor taxa de letalidade do país para casos de Covid-19. Que será fundamental para seguirmos no enfrentamento da pandemia e para o futuro”, aponta Vicente.

 

Notícias relacionadas

x