Colunas

Coluna: Celso Maldaner responde

A manifestação é do presidente do diretório do MDB/SC, deputado federal Celso Maldaner, acusado por Colatto de malversar os recursos do Fundo Partidário em benefício próprio

29/12/2021

Por

Nascido em Blumenau, 70 anos, 55 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul)

Coluna: Celso Maldaner responde

“Sigo confiante na nossa união, nos objetivos e metas que traçamos desde o início da nossa condução do MDB. Nossa! De todos nós! Esse diretório é soberano. Foi soberano na decisão de adiar as prévias, na decisão de não estender a todos os filiados o direito ao voto, foi soberano ao marcar a prévia para 15 de fevereiro e seguirá sendo soberano enquanto eu estiver na presidência até o último dia que o nosso regimento prevê”.

A manifestação é do presidente do diretório do MDB/SC, deputado federal Celso Maldaner, acusado por Colatto de malversar os recursos do Fundo Partidário em benefício próprio.

Candidatos sem consultas

O presidente estadual do MDB também foi acusado de indicar candidatos às eleições proporcionais (deputado) sem consultar ninguém. Colatto foi além, sugerindo até mesmo a renúncia de Maldaner, um aliado declarado do prefeito Antidio Lunlleli, para permitir, segundo ele, uma recomposição do partido visto as eleições de 2022.

Colatto e os ex-governadores Paulo Afonso Vieira e Pinho Moreira apoiam o senador Dario Berger. Já há quem aposte que as prévias, marcadas para 15 de fevereiro por imposição dos nove deputados estaduais do MDB para escolher o candidato a governador, serão devidamente engavetadas.

Vai, não vai…

“Tudo pode acontecer neste cenário do Estado. Mas também vejo o Moisés rodeado de todos, como vai ficar não sabemos.” A frase é da prefeita de Içara (ao lado de Criciúma), Dalvânia Cardoso (PP), quando questionada se o seu partido terá candidato a governador ou se apoiará a reeleição de Carlos Moisés (sem partido, ainda).

Quem diria!

O ex-senador Jorge Konder Bornhausen (sem partido) convidou o ex-ministro e ex-presidiário José Dirceu, que estava veraneando na Praia Brava (Florianópolis), para tomar um uísque no do também ex-governador. Convite feito, convite aceito. Dirceu, o “primeiro ministro” do governo Lula, foi o criador do “mensalão”. JKB, como tantos outros políticos influentes de Santa Catarina, sempre acendeu uma vela para Deus e outra para o Capiroto.

Deputados, não!

Toda e qualquer pessoa que por algum motivo precise entrar na Câmara dos Deputados, em Brasília, obrigatoriamente terá de apresentar o tal passaporte da vacina. Exceto os 513 deputados, desobrigados por decisão da Mesa Diretora E a explicação é simples: muitos deles, críticos contumazes de membros do governo que não se vacinaram, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, (PL), que não esconde isso de ninguém, talvez não tenham como comprovar a própria imunização.

Assembleia devolve sobras
São R$ 100 milhões para infraestrutura, R$ 150 milhões para cirurgias eletivas, R$ 20 milhões para combate à pandemia (já repassados no início do ano), R$ 50 milhões para enfrentar a estiagem no Oeste, R$ 42 milhões para a segurança pública (R$ 30 milhões para a Polícia Militar e R$ 12 milhões para a Polícia Civil).

No total, R$ 362 milhões que a Assembleia Legislativa deixou de gastar em 2021 e que voltam aos cofres do Estado, porém já com destino certo, segundo o presidente da Casa, Mauro de Nadal (MDB). Sobre o governador Carlos Moisés, o deputado não esconde o que pensa: “Não só o MDB, mas acredito que todos os partidos gostariam de ver o governador no seu partido.”

Maconha pode dar multa

Ao contrário do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), defensor diuturno da descriminilização da maconha, um projeto do deputado Jessé Lopes (PSL) tramita na Assembleia Legislativa propondo multa para quem for flagrado consumindo a erva em locais públicos. De fato, um problema que (também) já alterou as boas e necessárias relações de vizinhança em muitos condomínios residenciais.

Notícias relacionadas

x