Estadual

Deputada Paulinha mantém vários contatos na região e defende Carlos Moisés

É uma das deputadas mais fiéis ao governador Carlos Moisés do qual foi líder do governo, mesmo a contragosto do antigo partido, que a expulsou

13/05/2022

Por

Deputada Paulinha mantém vários contatos na região e defende Carlos Moisés

Camila Silveira Rosa

A deputada Paulinha (Ana Paula da Silva) cumpriu agenda na região ontem (12), abrindo com uma visita ao JDV, onde concedeu entrevista. Estava acompanhada do pré-candidato a deputado federal, Evaldo Junckes (Pupo). Duas vezes prefeita de Bombinhas e cumprindo o primeiro mandato de deputada estadual, Paulinha era do PDT onde militou por 32 anos e agora está no Podemos, pelo qual vai disputar a reeleição.

Na última eleição Paulinha fez 764 votos nas cinco cidades da região e busca ampliar o quantitativo. Somente em Corupá somou 374 sufrágios. Por conta da sua atuação parlamentar, diz que tem o nome estadualizado, se destacando nas cidades de pequeno porte. É uma das deputadas mais fiéis ao governador Carlos Moisés do qual foi líder do governo, mesmo a contragosto do antigo partido, que a expulsou.

O episódio dos respiradores é uma mancha no governo de Moisés, reconhece, mas diz que o governador é um homem íntegro e por conta das decisões administrativas tomadas no início da gestão, colocou as finanças em dia e permitiu os investimentos que estão sendo feitos em todas as regiões de Santa Catarina.

“Não dá para não eximir a responsabilidade do governador no episódio dos respiradores, a decisão foi tomada num momento difícil, no início da pandemia, onde nada se sabia sobre a doença. Ele é um homem correto. Assim como ele, em outros Estados também ocorreram problemas”, aponta.

Sobre a decisão de ir à reeleição, a deputada Paulinha comentou que “primeiro quero mudar Santa Catarina e depois o País”. Ela está percorrendo todo o Estado. Ontem esteve também em Schroeder para entrega de R$ 600 mil ao prefeito em exercício, Lauro Tomczak, para pavimentação.

No dia 26 retorna a região para novos contatos, inclusive com o prefeito Chiodini, em Guaramirim, para tratar sobre os R$ 60 milhões do Complexo Multimodal.

“Esse dinheiro está garantido, é recurso próprio do Estado, a fundo perdido”, garante.

Naquela data será instalada a Procuradoria da Mulher, na Câmara de Vereadores de Guaramirim.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

 

Notícias relacionadas

x