Trânsito

DNIT atualiza relatório sobre situação das obras na BR-470

“A BR-470 é a mais debatida porque é a rodovia principal do DNIT para trabalhar. É a prioridade em Santa Catarina”, resumiu Ronaldo Carioni

02/09/2020

Por

DNIT atualiza relatório sobre situação das obras na BR-470

As obras de duplicação da BR-470 vão receber um aporte adicional de aproximadamente R$ 20 milhões, informou o superintendente do DNIT-SC, Ronaldo Carioni, durante reunião virtual do Conselho de Infraestrutura e da Câmara de Assuntos de Transporte e Logística da Federação das Indústrias (Fiesc), na quinta-feira (27). “Vai ter uma nova suplementação de R$ 20 milhões.

Estão fazendo uma ginástica lá dentro do próprio DNIT (nacional) para que a BR-470 não pare e a gente entregue obra”, disse. O recurso virá de emendas parlamentares.

“A BR-470 é a mais debatida porque é a rodovia principal do DNIT para trabalhar.

É a prioridade em Santa Catarina”, resumiu. Em relação aos 73,18 km de duplicação e restauração da BR-470/SC, o lote 1 tem 51,4% das obras concluídas. O lote 2 está com 78% das obras concluídas; o lote 3 tem 30,87% e o lote 4 está com 29% das obras executadas.

Leia Mais:

Carioni também apresentou situação das obras que estão em andamento na BR-282/SC e BR-158/SC.

Sobre a adequação de trecho rodoviário – São Francisco do Sul – Jaraguá do Sul na BR-280/SC, o orçamento para esste ano é de R$ 73.725.701,00, sendo que R$ 70.765.528,00 empenhados. Não existe nenhum valor de emenda parlamentar.

 

O trecho tem 73,9 quilômetros, divididos em três lotes, que estão, segundo o DNIT, com 7,5%, 44% e 47% concluídos, respectivamente.

O lote 1.1, de São Francisco a Araquari (BR-101), o valor contratado é de R$ 368,8 milhões e existe saldo contratual de R$ 339,4 milhões. Está com 7,5% das obras concluídos.

O lote 2.1, do trevo da BR-101 a Guaramirim, próximo da Breitkopf, o valor da obra é de R$ 172,6 milhões, havendo, ainda, um saldo contratual de R$ 88,1 milhões. Tem 44% das obras prontas, conforme relatório do DNIT.

E o lote 2.2, contorno de Guaramirim e Jaraguá do Sul, passando por Schroeder I, Vieira, João Pessoa e até Nereu Ramos, pelos túneis, o total do contrato é de R$ 741,7 milhões, havendo, ainda, um saldo de R$ 410,5 milhões. Já está com 47% de execução.

Notícias relacionadas

x