Colunas

Nem aí para o coronavírus

Além da automedicação, sequer sabemos quando teremos vacinas e se são, de fato, eficazes. Pessoalmente, optei por viver.

05/01/2021

Por

Nascido em Blumenau, 70 anos, 55 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul)

Nem aí para o coronavírus

Dez meses depois dos primeiros casos no país, em março, com os hospitais lotados, o que se percebe é que parte expressiva da população segue ignorando as únicas armas que temos, até agora, como meio de defesa contra a Covid-19: álcool gel, sabão, máscara, luvas descartáveis e rigorosa higiene das mãos, braços, roupas e calçados.

De resto, além da automedicação, sequer sabemos quando teremos vacinas e se são, de fato, eficazes. Pessoalmente, optei por viver. Longe das praias com multidões, entre outros lugares.

Comissionados

Em Joinville, o ex-prefeito Udo Döehler (MDB) exonerou nada menos que 499 ocupantes de cargos comissionados – indicados em cotas distribuídas entre partidos políticos e servidores efetivos – nestes oito anos de mandato.

No total, são 507. Mas alguns permanecem pelo critério da meritocracia, segundo o prefeito Adriano Silva (Novo) que assumiu dia 1º de janeiro.

Respiradores 1

Nas entrelinhas de discurso do deputado Júlio Garcia (PSD) que, na presidência da Assembleia Legislativa autorizou a abertura de dois processos de impeachment contra o governador Carlos Moisés (PSD), deduz-se que os deputados perderam o apetite pela cassação do mandato do chefe do Executivo no episódio da compra os 200 respiradores da China.

Segundo Garcia, todos os problemas (com Moisés) já foram superados.

Respiradores 2

Restou saber a quem vão culpar pela aquisição dos equipamentos ao preço de R$ 33 milhões pagos adiantados, em abril do ano passado. E, pior ainda, por respiradores de outro modelo, inservíveis para o tratamento de pacientes com a Covid-19.

O dinheiro, aliás, ainda não foi restituído em sua totalidade. A data de julgamento deste segundo pedido de impeachment contra Carlos Moises ainda não foi marcada.

 

Receba as colunas e notícias do JDV no seu WhatsApp!

Notícias relacionadas

x