Colunas

Política e Políticos – De olho nas prefeituras 2024

Política e Políticos – Comando do MDB catarinense está com um pé atrás visto as filiações crescentes de prefeitos ao PSD e PL, partidos que apresentam armas para a disputa municipal de 2024. Já são protagonistas do embate, pode-se dizer. “O MDB é o maior partido de Santa Catarina e,…

16/11/2023

Por

Nascido em Blumenau, 72 anos, 57 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul)

Política e Políticos – Comando do MDB catarinense está com um pé atrás visto as filiações crescentes de prefeitos ao PSD e PL, partidos que apresentam armas para a disputa municipal de 2024. Já são protagonistas do embate, pode-se dizer. “O MDB é o maior partido de Santa Catarina e, por isso, temos a responsabilidade de manter a sigla cada vez mais forte e unida”, disse o presidente estadual, Carlos Chiodini. Em 2020 o MDB elegeu 96 prefeitos, o PSD 42 e o PL 27. Governador Jorginho Mello, com a máquina pública nas mãos e o efeito Bolsonaro nas urnas, quer eleger 100 prefeitos, do PL, é claro. A se confirmar, partidos maiores vão encolher. Aliás, qual será o discurso de Jorginho em municípios onde o MDB governa já que tem o partido como aliado principal?

 

Política e Políticos – CURTAS

Política e Políticos – *Agora, vai! Câmara de Guaramirim aprovou moção dos vereadores Ezequiel de Souza (UB), Nilson Bylaardt (MDB) e Jaime Decker (MDB) de apoio a Israel em guerra com os terroristas do Hamas. No caso da Rússia x Ucrânia, Lula da Silva (PT) já propôs que os presidentes Putin e Zelensky fossem a um boteco beber cerveja para selar acordo de paz. Não foi ouvido, mas quem sabe isso funcione com Israel e o Hamas.
*Segue tramitando no Tribunal de Justiça de Santa Catarina a Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pela Associação de Mantenedoras Particulares de Educação de Santa Catarina contra o programa Universidade Gratuita. A Ampesc alega ter sido prejudicada na distribuição de bolsas pelo Estado.
Política e Políticos – *Os deputados Darci de Mattos (PSD) e Pedro Uczai (PT) e a senadora Ivete Appel da Silveira (MDB) se comprometeram a reservar recursos no orçamento da União para 2024. A UFSC tem, também, cursos de medicina em Florianópolis e Araranguá. Em Curitibanos está em fase de instalação. E que Deus nos ajude!
*Governador Jorginho Mello (PL) jogou para fevereiro de 2024 a viagem que pretendia fazer a países do Oriente Médio (Emirados Árabes e ao Reino do Bahrein) ainda este ano. Agora por conta de mudanças no secretariado visto que alguns vão disputar eleições para prefeito. Antes da viagem é preciso ajeitar as melancias na carroça. E isso toma tempo.
Política e Políticos – *O deputado estadual licenciado Estêner Soratto Júnior (PL), chefe da Casa Civil, é pré-candidato a prefeito de Tubarão; o deputado federal Ricardo Guidi (PSD), do Meio Ambiente e Energia Verde, pré-candidato à prefeitura de Criciúma, e a deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania), que deve concorrer à prefeitura de Lages. Com total apoio de Jorginho.
*Os 19 vereadores de Joinville que se elegerem em 2024 terão salário bruto de R$ 19,5 mil, contra os atuais R$ 14,5 mil. O reajuste equivale a 46% do salário de um deputado estadual, de R$ 31,2 mil mensais. A proposta, que será aprovada, foi assinada por 14 vereadores, exceção do Novo, Podemos e PL, com cinco cadeiras juntos.

 

Política e Políticos

Política e Políticos – Olho em Brasília

Política e Políticos – Atual presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, o ex-prefeito de Blumenau (dois mandatos consecutivos) e ex-deputado federal, João Paulo Karam Kleinübing, deve tentar um novo mandato na Câmara dos Deputados em 2026, pelo PL. Já teve convite do governador Jorginho Mello (PL) para disputar um terceiro mandato de prefeito, chegou a dizer que estaria à disposição do governador, que o indicou para o BRDE, mas não confirmou. Bateria de frente com o deputado estadual e pré-candidato, Ivan Naatz (PL). Em 2022, JPK coordenou a campanha a governador de Gean Loureiro (UB), contra Mello. O pai, Wilson Pedro Kleinübing, também foi prefeito de Blumenau, deputado federal, governador e senador.

 

Política e Políticos – VIA BRASIL

*Deputada federal Daniela Reinehr (PL) quer saber se Lula da Silva (PT) tem arma de fogo. Se a resposta for positiva, se há o obrigatório registro no Sistema Nacional de Amas, com posse (uso exclusivo em defesa da moradia), ou porte (permissão para portar a arma em qualquer lugar).
*A pergunta é dirigida ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Flavio Dino (PSB) em cujo gabinete já esteve por duas vezes este ano Luciane Barbosa Farias. Conhecida como “dama do tráfico amazonense”, ela é mulher de Clemilson dos Santos Farias, um dos líderes do Comando Vermelho. Luciane preside uma ONG patrocinada por dinheiro do tráfico de drogas.
*Luciane compartilhou várias fotos e vídeos de sua estada em Brasília. Uma delas com o secretário nacional de políticas penais, Rafael Velasco Brandani (foto). Ela já esteve no Conselho Nacional de Justiça, na Câmara dos Deputados e com políticos. Detalhe: foi condenada em segunda instância a 10 anos de prisão por lavagem de dinheiro, associação para o tráfico e organização criminosa. O marido cumpre cana de 31 anos no presídio de Tefé (AM).
*A ONG ‘Associação Instituto Liberdade do Amazonas’, zelaria pelos direitos dos presos, particularmente aqueles ligados ao Comando Vermelho. Em nota, o ministério da Justiça admitiu a presença dela em audiências, mas preferiu dizer que “o bolsonarismo transformou o fato na politicagem do momento”. É, deve ser.

 

Política e Políticos

Política e Políticos – Novas regras

Política e Políticos – Por conta do ocorrido o Ministério da Justiça e Segurança Pública resolveu criar novas regras para a entrada de visitantes no Palácio da Justiça. Agora, antes do ingresso do visitante, deve acontecer um contato da recepcionista, a qual autorizará, ou não, a entrada. Somente será recebido em compromisso público no ministério em agenda institucional quem comunicar, com antecedência de 48 horas da data prevista para a reunião ou audiência, os nomes de todos os participantes e acompanhantes, incluindo o CPF. Isso dá a entender que, até então, qualquer pessoa entrava e saia de lá numa boa. Ou não?

 

 

Leia também>>> Comunidade se une em ação solidária para apoiar Lucas Hioan em 2023

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de  Política e Políticos –WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVonline

Notícias relacionadas

x