Política

Tamanini garante que o PP fará parte da coligação majoritária

Em entrevista exclusiva, ele falou sobre fatos ocorridos em mandatos anteriores, propostas e processos, mas garante que está apto a concorrer

26/08/2020

Por

Tamanini garante que o PP fará parte da coligação majoritária

MDB e PP sempre foram como água e óleo na história política de Corupá, ou seja adversários ferrenhos. A situação vai mudar garante o pré-candidato a prefeito Luiz Carlos Tamanini, que revelou durante a transmissão “JDV em Foco”, na sexta-feira (21), que os entendimentos entre os dois partidos estão avançados e serão selados nas convenções partidárias, dentro do prazo definido pelo calendário eleitoral, ou seja, entre 31 de agosto e 16 de setembro.

Leia mais:

Tamanini já foi vereador em duas legislaturas e prefeito em quatro mandatos. Ele respondeu perguntas da redação do JDV e também vindas das redes sociais. Falou sobre fatos ocorridos em mandatos anteriores, propostas e processos, mas garante que está apto a concorrer no dia 15 de novembro, mostrando, para tanto, as certidões da Justiça Eleitoral.

Fez críticas diretas ao atual prefeito João Gottardi, eleito pelo PP e agora no PSD, que abandonou os seus vereadores e pouco dialogou. “Ele perdeu o “time” de governar”, observou.

O pré-candidato a prefeito pelo MDB defende trabalho em parceria com o Legislativo, o diálogo com as lideranças e representantes políticos para ajudar a captar recursos, ou ideias que melhorem a entrega de serviços à comunidade.

Sobre a aproximação com o PP, Tamanini adiantou que a conversa com a executiva está avançada e praticamente acertada. “Temos exemplo em Jaraguá, com o Antídio e o Udo, onde MDB e PP fazem uma bela administração. Nós precisamos esquecer as mágoas do passado e trabalhar em prol de Corupá, com diálogo e serenidade”, disse.

O PSDB também deve fazer parte da coligação. Outros partidos podem se juntar. O MDB, no entanto, vai de chapa pura para disputar a Prefeitura. Já está definido que o pré-candidato a vice-prefeito será o empresário e ex-vereador Cláudio Finta.

Sobre sua pré-candidatura, disse que não pensava em concorrer, havia outros nomes, mas o seu despontou e acabou aceitando.

“Foi um processo natural, sou muito participativo e por isso me destaco. Desde sempre sou do MDB, que conta com quase 10% dos eleitores corupaenses em seus quadros. Gosto disso e sei fazer. Estou mais bem preparado e experiente para cumprir um novo mandato, caso eleito”, completou.

Notícias relacionadas

x