Jaraguá

Thor assume como cão policial após Odin se tornar o primeiro cão policial a se aposentar no 14° BPM

Um dos destaques do cão policial foi a apreensão de 298 quilos de maconha em uma ocorrência realizada no dia 13 de maio de 2019

10/05/2022

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Thor assume como cão policial após Odin se tornar o primeiro cão policial a se aposentar no 14° BPM

Camila Silveira Rosa

Assim como os policiais que ingressam na reserva remunerada após cumprir determinado tempo de serviço na Polícia Militar, o cão policial também tem esse privilégio. 

Na tarde da última quinta-feira (5), em solenidade no 14° Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Jaraguá do Sul, o pastor Belga de Malinois Odin se aposentou após oito anos como K9.

(Foto: Divulgação/14º BPM)

Conforme o capitão Anderson Andrey, Odin participou de inúmeras ações de busca e captura, guarda e proteção, e faro de drogas, além de ter colaborado para o êxito de diversas ocorrências. 

Um dos destaques do cão policial foi a apreensão de 298 quilos de maconha em uma ocorrência realizada no dia 13 de maio de 2019.

O soldado Adriano Fietz, responsável pelo adestramento de Odin lembra que naquela noite os policiais abordaram um caminhão e não conseguiram localizar o entorpecente. Então, acionaram ele e Odin que estavam de folga. 

Ao chegar, o cão prontamente farejou e indicou o lugar onde a droga estava escondida.

Odin não auxiliou apenas o 14º BPM, mas também outras instituições como a Receita Federal, ações nos portos, Polícia Civil e Gaeco. 

Odin nasceu no dia 16 de abril de 2014 e iniciou o treinamento no Canil Setorial do 14° BPM 45 dias depois. Ele é certificado pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), órgão responsável por organizar a regulamentar a criação de cães de todas as raças no Brasil, em todas as certificações possíveis para testar a funcionalidade de um cão: guarda-proteção, faro de drogas, busca, captura e obediência.

“Odin recebeu uma medalha que simboliza o cumprimento integral da missão junto à PMSC”, enfatiza. 

Além de Odin, Fietz também recebeu um elogio do comandante Valdeci Oliveira pelo comprometimento e profissionalismo, sendo responsável direto pela trajetória de sucesso do cão. 

Ele é o primeiro cão do 14º a se aposentar. Com a reforma de Odin, seu filhote Thor, assume a missão policial junto ao soldado Fietz. 

O “estagiário” do canil setorial nasceu no dia 4 de junho de 2021 e está sendo treinado desde o dia 23 de agosto do ano passado.

Notícias relacionadas

x