Geral,Política

Partido Novo fez 29 vereadores no Brasil, dez deles em Santa Catarina

Foto: Divulgação

Dois anos depois de uma rápida ascensão nas eleições gerais de 2018, o Novo teve um desempenho abaixo do esperado por suas lideranças na disputa municipal de 2020 e fez apenas 29 vereadores no país, 10 deles em Santa Catarina, destes, dois em Jaraguá do Sul.

No segundo turno, marcado para o próximo dia 29, a legenda terá uma única aposta: o empresário Adriano Silva, que disputa a prefeitura de Joinville contra o deputado federal Darci de Matos (PSD). Se eleito, Adriano será o primeiro representante da sigla a chegar ao Executivo municipal.

Hoje, o Novo conta com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, vitorioso em 2018.

O desempenho do partido também ficou restrito este ano a seis Estados das regiões Sul e Sudeste: Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Em Jaraguá do Sul, os vereadores eleitos são Rodrigo Livramento (3.021 votos) e Sirley Schappo (2.045).

O Novo teve ótimo desempenho e foi o terceiro partido mais bem votado em sua primeira eleição no município: 9.288 sufrágios. Destes, 687 votos dados ao partido e 8.601 depositados aos seus candidatos.

Figura central no partido, João Amoêdo, avaliou que o desempenho da legenda no pleito de 2020 ficou “aquém daquilo que se esperava”, e sugeriu que os resultados sirvam como alerta e reflexão.